Outros Jeitos de Usar a Boca, de Rupi Kaur

(Foto: Blog Era Uma Vez Uma Menina, de Muryel Oliveira - http://murysdiary.blogspot.com.br/2017/07/resenha-outros-jeitos-de-usar-boca-rupi.html)

Tenho que começar dizendo que esse livro me afetou de várias formas. A tradução de todos aqueles sentimentos em palavras é simplesmente incrível. São palavras fortes, sem eufemismos ou delicadezas. O puro e o verdadeiro me chocou pela maneira como ela escreve. E foi o motivo de eu ter gostado tanto desse livro.

Outros Jeitos de Usar a Boca é um livro de poesias, da escritora Rupi Kaur publicado originalmente em 2014 na Amazon, como um e-book independente. Depois de muito fazer sucesso na Amazon, o livro chamou atenção da editora Andrews McNeel Publishingn, que começou publicando a 2° edição em outubro de 2015 - agora de forma impressa. Permanecendo 77 semanas na lista dos mais vendidos do The New York Times, tem mais de 1 milhão de copias impressas No Brasil o livro chegou em fevereiro de 2017, publicado pela editora Planeta.



"Você me diz para ficar quieta

 poque minhas opiniões me deixam menos bonita  
mas não fui feita com um incêndio na barriga
 para que pudessem me apagar
 não fui feita com leveza na língua
 para que fosse fácil de engolir
 fui feita pesada
 metade lâmina metade seda
 difícil de esquecer e não tão fácil 
 de entender" pg- 30


 Além de poeta, Rupi também é performista e artista plástica, assina as ilustrações contidas no livro. A escrita da autora é voltada para questões feministas e de empoderamento. Ela usa de um dialogo mais aberto, uma linguagem fácil de entender, nada rebuscado, mas sem deixar de ser uma leitura forte. Falando de situações em que, tendo sofrido ou não, somos levadas a ver de uma forma dolorosa e real. Neste livro, Rupi Kaur fala sobre o que é ser mulher. Sobre como passamos por coisas ruins. O livro me levou a refletir quem eu quero ser como mulher e, principalmente, como eu posso lutar pra deixar minha marca no mundo.


"Ele só sussurra eu te amo
quando desliza a mão
para abrir o botão
da sua calça

é ai que você tem 
que entender a diferença
entre querer e precisar
você pode querer esse menino
mas com toda certeza
               não precisa dele" pg-86

 A temática do livro gira em torno de sexo, relacionamentos abusivos, dor, trauma, amor, autoaceitação e feminilidade. Os assuntos são bem discutidos e se misturam por todas as quatro partes em que a obra se divide.

- A Dor
- O Amor
- A Ruptura
- A Cura

O que eu posso dizer é que este livro me ajudou a lidar com momentos de insegurança, baixa- autoestima, autoaceitação e, acima de tudo, me ensinou a olhar com outros olhos para certas coisas. Considero uma leitura muito importante que pode, em certos momentos, causar diferentes tipos de interpretações e sentimentos de acordo com a vivência de cada pessoa, e ajudar de varias maneiras assim como me ajudou. Aqui eu termino dizendo, com as palavras de Rupi Kaur, que esse livro foi 'um soco no estômago'.

Nenhum comentário