Jogo de Espelhos, de Cara Delevingne e Rowan Coleman



Jogo de Espelhos é o livro de estréia da atriz, modelo e agora escritora Cara Delevingne. Confesso que me interessei de cara pelo livro por ser escrito pela Cara, depois lendo a sinopse dessa história tive certeza sobre o interesse em o ler.

A trama gira em torno de quatro adolescentes: Red, Naomi, Leo e Rose. Juntos eles formam uma banda chamada Mirror, Mirror. Inicialmente, a banda surgiu como um trabalho escolar, entretanto, com o passar do tempo foram se identificando e perceberam que a banda não somente era um trabalho escolar, mas sim um recomeço para todos os integrantes. Que ali eles poderiam ser eles mesmos e ao mesmo tempo amados.

Tudo corre bem, até que Naomi inexplicavelmente desaparece. Para os outros, isso é somente mais uma escapadela da jovem, e que ela voltará quando se sentir melhor. Entretanto, Red, Rose e Leo, não se sentem completamente convencidos com isso. E as coisas tornam-se ainda piores quando Naomi é encontrada entre a vida e a morte e, sem previsão de quando poderá acordar - e se acordará.

Devido a falta de busca por respostas por parte dos policiais, eles resolvem por si mesmos descobrirem o que realmente aconteceu com Naomi, se seria uma tentativa de suicídio ou se há algo maior por trás disso. E é exatamente neste ponto em que a história se desenrola e torna-se cada vez mais intrigante. Devo dizer que é difícil iniciar esta leitura sem desejar devorá-la em poucas horas a fim de descobrir realmente o que aconteceu e se ela ficará bem.

Mais do que isso, o livro é sobre amizade, ou melhor, sobre a importância dela, em como podemos ser maiores e melhores quando unidos. Quando nos damos a chance de recomeçar ao lado de pessoas tão desesperadas por um recomeço quanto nós. Além disso, aborda o bullying, o alcoolismo, automutilação e identidade de gênero, entre outros, tudo com muita sensibilidade e assertividade. Jogo de Espelhos é um livro é repleto de emoções e aprendizagem. É impossível terminar a leitura sendo o mesmo que antes. De certa forma, estou extremamente impressionada com a escrita da autora Cara Delevingne, que em nenhum momento me pareceu uma principiante e, que soube desenvolver com efetividade o tema abordado.

Enfim, o recomendo sem pensar duas vezes àqueles que procura uma leitura fluída, mas ao mesmo tempo com uma carga de suspense e emoção, tudo isso acompanhado por uma pitada de aprendizagem e reflexão.

10 comentários

  1. Oi Marilena! Já havia lido sobre esse livro antes e também foram boas indicações. Gostei do conjunto que os autores criaram, esse ambiente escolar, com toda a carga da adolescência, com as duvidas e angústias, e pra completar, a amiga desaparece, e entramos nesse pedaço, de saber o que aconteceu com ela e porque. Gostei muito que a leitura tenha sido agradável.
    Anotada!!
    Bjoxx

    ResponderExcluir
  2. Oi Anne!

    Tudo bem? Eu já tinha visto Jogo de Espelhos por aí, mas confesso que nem dei muita atenção para o livro porque não parece ser algo que eu vá gostar.

    Eu não ando com a menor paciência para histórias YA, sempre acho os dramas bem bobos e/ou mal desenvolvidos (com exceção da Colleen Hoover) os autores não conseguem mais me chamar atenção e por mais que seja a história gire em torno de amigos, algo que eu adoro, simplesmente não consigo me interessar.

    Fico muito feliz que tenha curtido tanto a história e que recomende assim, no entanto vou passar a dica desta vez Anne.

    Beijinhos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Olha não simpatizo muito com a Cara, tanto que nem tinha me interessado em saber sobre o que se tratava o livro. Mas estou surpresa e interessada em ler agora.
    Achei lindo a parte que você fala sobre a questão da amizade. 2017 foi um ano que conheci amigos maravilhosos e que me fizeram perceber o quanto eu não era a Thiana de verdade, que me prendia muito aos que meus pais ou outras pessoas iriam achar da minha atitude e cada vez mais estava me tornando uma pessoa infeliz devido a isso.
    Amei a dica, quero esse livro pra ontem.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  4. Confesso que não dava nada pelo livro porque acho a autora bem fraquinha como atriz, mas os seus elogios me deixaram curiosa, mais pela questão do suspense e por esta abordagem de amizade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Marilena!
    Tenho que confessa que tenho um pé atrás com esse livro da Cara. A premissa me pareceu muito boa para uma leitura que entretem, ainda assim tem alguma coisa que me impede de ler.
    Pela sua resenha pude ver que o tema da amizade foi muito bem explorado construído - o que é muito importante, considerando que a Cara é uma referência para vários adolescentes. Esse já é um belo ponto positivo né? :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Muito legal essa dica. Eu não conhecia o livro, mas parece que a autora acertou em cheio em seu primeiro livro sem fazer feio. Os temas que ela aborda são fortes e polêmicos e tem uma trama interessante ao abordá-los. Essa dica foi anotada, com certeza. Adorei a capa também. Parabéns pela resenha.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  7. Oiii
    Odeio quando a capa do livro traz maior o nome do autor do que o título do livro. E ainda, são DOIS autores, porque só a famosa e antipática Cara está em destaque? hahah
    É, eu não vou com a cara da Cara (haha). Fazer o que. Então, não lerei o livro apesar de sua boa crítica a ele.

    Vícios e Literatura

    ResponderExcluir
  8. Olá Mari!!!
    Eu sou uma pessoa que estou doida para ler esse livro e como você quando descobri que a autora era a Cara fiquei mais ansiosa ainda, e também quando li a sinopse fiquei mais ainda dizendo que necessito ler esse livro.
    Todas as pessoas me dizem que o livro é sim um livro de amizade e também crescimento.
    E essa capa é maravilhosa, eu desejo logo tê-la na minha estante!!!
    Adorei a resenha!!!

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    A minha primeira motivação para ler esse livro é também o fato de ter sido escrito pela Cara. Saber então que é uma obra muito fluída e gostosa de ser lida, com a quantidade certa de mistério em ação, me faz querer passá-la na frente de todas as minhas outras leituras. Adorei a sua resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Hey!

    Ainda não li a obra, mas estou de olho em um exemplar desde o seu lançamento. Também fiquei interessada em ler depois que vi que era da Cara. Sua resenha confirmou o meu interesse, essa é definitivamente uma obra que eu quero ter na estante. Dica anotada!!

    Beijos.

    ResponderExcluir