O Urso e o Rouxinol, de Katherine Arden

O Urso e o Rouxinol, é uma fantasia de estréia escrita pela autora Katherine Arden e publicado pelo Grupo Editorial Rocco no ano de 2017. O livro é considerado uma mistura de Game of Thrones com mitologia nórdica do autor Neil Gaiman, e conta com uma história que se passa em uma Rússia medieval, abordando mitologias e conto de fadas.

O urso e o rouxinol mistura aventura, fantasia e mitologia ao acompanhar a jornada da jovem Vasya, criada, junto aos irmãos, num vilarejo próximo de uma floresta, e que cresceu ouvindo de sua ama contos e lendas sobre criaturas que vivem nas matas e que precisam receber oferendas para manter o mal adormecido em seu interior. Mas a chegada de Anna, madrasta de Vasya vinda da capital, de hábitos católicos, e de um padre ortodoxo que resolve instituir as práticas cristãs no vilarejo, provoca uma mudança na rotina da menina e abre as portas para uma terrível catástrofe. Sensível e determinada, Vasya é a única que consegue enxergar e conversar com esses seres fantásticos e torna-se a última esperança para salvar o povoado onde nasceu da destruição.

*~~*
"A excitação percorreu suas veias. Tinha pensado que apodreceria ali, no fim do mundo, mas de fato havia uma batalha, uma disputa pelo domínio das almas de homens e mulheres, o diabo de um lado e ele, como mensageiro de Deus, do outro. " p. 116

Desde que vi a capa de O Urso e o Rouxinol já fiquei totalmente encantada, mas quando vi a sinopse, foi que meu interesse se aguçou por completo. Eu conheço muito pouco da Rússia, apenas os clichês, e soube que se eu lesse esse livro, eu entenderia mais sobre sua cultura e, neste caso, sua mitologia. Já adianto que sai muito satisfeita com o que encontrei nesse livro.

Como toda história que se ambienta em um lugar desconhecido pelo leitor, eu levei um pouco de tempo para me familiarizar com os personagens, seus nomes russos e o lugar onde tudo se passava, ainda mais por ser na era medieval. No entanto, conforme as páginas vão se virando, a autora consegue situar seu leitor e isso torna tudo mais instigante e mais fácil.

Não que o livro seja fácil, ele não é tão leve quanto aparenta, mas a autora tem uma narrativa fluída e um escrita ágil, fazendo com que os desenvolvimentos e acontecimentos da história e personagens se desenrolem de maneira assertiva. Confesso que os personagens não chegaram a me cativar, nem consegui me envolver muito com eles, criando um laço afetivo, entretanto, a história é muito boa e eu consegui absorver ainda assim tudo o que a autora quis passar e transmitir com a o vilão, história apresentados.

Quando você lê fantasia, você precisa se desprender de crenças e embarcar no mundo proposto pelo autor. É começar a enxergar e viver dentro da história. Eu consegui perfeitamente vivenciar uma Rússia medieval e captar as nuances de sua mitologia. Portanto, se você busca uma leitura diferente, rica e bem escrita, O Urso e o Rouxinol é exatamente o que você deve ler. 

Livro cedido em parceria com o Grupo Editorial Rocco ♥

Um comentário

  1. Agora que li essa resenha fiquei me perguntando se eu não deveria ter pedido esse hahaha Gostei, e parece ser uma leitura profunda, por mais que aparente ser simples. Um beijo!

    ResponderExcluir