O garoto dos meus sonhos, de Lucy Keating

Sinopse: O garoto dos meus sonhos não pode ser real. Desde quando consegue se lembrar, Alice tem sonhado com Max. Juntos eles viajaram o mundo, passearam em elefantes cor-de-rosa, fizeram guerra de biscoitos no Metropolitan Museum of Art… e acabaram se apaixonando. Max é o garoto dos sonhos – e somente dos sonhos – até o dia em que Alice o vê, surpreendentemente, na vida real. Mas ele não faz ideia de quem ela é… Ou faz? Enquanto começam a se conhecer, Alice percebe que o Max dos Sonhos em nada se parece com o Max Real. Ele é complicado e teimoso, além de ter uma namorada e uma vida inteira da qual Alice não faz parte. Quando coisas fantásticas dos sonhos começam estranhamente a aparecer na vida real – como pavões gigantes que falam, folhas de outono cor-de-rosa incandescente, e constelações de estrelas coloridas –, Alice e Max precisam tomar a difícil decisão de fazer isso tudo parar. Mesmo que os sonhos sejam mais encantadores que a realidade, seria realmente bom viver neles para sempre?


O garoto dos meus sonhos estava na minha lista de livros desejados há vários meses, antes mesmo de ser lançado pela Globo Alt aqui no Brasil. Lembro que desde quando o vi no canal da Melina Souza, o desejei, sinceramente, foi amor a primeira vista. E eu não sei exatamente o motivo de ter demorado tanto para o adquirir.

Esse é o primeiro livro da autora Lucy Keating e devo dizer que esta começou com o pé direito sua carreira como escritora. Narrado em primeira pessoa, por Alice Rowe, conhecemos a partir de sua perspectiva toda a história. Alice sonha com Max desde pequena, durante todas as noites. Mas a questão é que ela até então não fazia a mínima ideia de quem ele era, acreditava que o mesmo era somente um fruto da sua fértil imaginação. Mas isso muda quando Alice acaba mudando-se para Boston com o seu pai, e acaba em uma escola nova, que por uma ironia do destino, faz com que Max, o real, caía de paraquedas na sua vida.

O Max dos sonhos de Alice é simplesmente perfeito, carismático e extrovertido. Mas Alice se decepciona de início ao perceber que o Max da vida real é mais reservado e não aceita certa aproximação por parte dela. Ao contrário de Max, Alice acredita que as coisas podem ser como em seus sonhos. Eu, particularmente, em alguns momentos me identifiquei com a Alice, ela é bastante avoada, parece viver nas nuvens, no seu mundinho dos sonhos, e possui uma imaginação extremamente fértil. Aliás, quem nunca tirou os pés do chão ao idealizar certas coisas que gostariam que fossem reais?!

O livro gira em torno do motivo de Alice sonhar com Max. Aos poucos, ao longo da leitura, o mistério em torno disso é revelado. A autora soube exatamente em que momento revelar o mistério, mantendo seus leitores presos ao livro até o término do mesmo. Além disso, soube desenvolver com destreza cada acontecimento, não tornando a leitura extremamente rápida, mas também não a tornando arrastada. Confesso que algumas coisas não faziam muito sentido, como por exemplo, o fato de Alice dormir fora ou fazer uma viagem sem que seu pai desse muita importância em lhe perguntar onde ela estaria dormindo ou indo.

Por vezes, também somos apresentados aos capítulos do diário de Alice, em que ela registra todos os sonhos que já teve com Max. Confesso que não consegui me conectar muito ao que eu li em seu diário, achei por demais fantasiado e viajado. Mas entendo que a presença do diário é de extrema importância para trazer aos leitores a imagem em que Alice tem de Max, o Max de seus sonhos, para assim dar um contraste com o Max da vida real.

A respeito dos personagens secundários, na minha opinião, senti que eles poderiam ter sido mais desenvolvidos, desde que são essenciais para o desenvolvimento do enredo do livro. Porém, o que a autora oferece aos seus leitores a respeito da personalidade desses personagens já é um tanto incrível, esses são extremamente cativantes - confesso que até senti uma vontade de mergulhar no mundinho deles e os conhecer mais aprofundadamente.

Sobre a edição, eu simplesmente adorei o fato da editora ter mantido a capa bem parecida com a capa original, já que essa capa é maravilhosa! Bom, de maneira geral, o livro me surpreendeu apesar de desde antes de o adquirir ter expectativas sobre ele, finalizei a leitura com uma sensação de quentinho no peito. Essa é uma indicação para quem deseja para o momento uma leitura leve, cativante e uma pitada de reflexão a cerca dos seus sonhos e do que você faz sobre o que já faz parte da sua realidade.

FICHA TÉCNICA:
ISBN-10: 8525060496
 Título: O Garoto dos Meus Sonhos
 Autora: Lucy Keating
 Ano: 2016
 Páginas: 264
 Idioma: Português
 Editora: Globo Alt

Um comentário

  1. Adorei a resenha, e me lembrou de quando eu estava lendo esse livro. Ele realmente aquece o coração. Adoraria que a Globo Alt. lançasse o outro livro da autora.

    ResponderExcluir