BIG LITTLE LIES UMA ANÁLISE DO LIVRO E DA SÉRIE DE TV

Um assassinato expõe os problemas da aparente perfeita comunidade de Monterey, na Califórnia. Nesta pacata cidade, o crime pode ser fruto dos segredos e rivalidades envolvendo três mães de crianças da escola local.

Primeiro episódio: 19 de fevereiro de 2017
Emissora original: HBO
Criador: David E. Kelley
Adaptação de: Big Little Lies
Gênero: Comédia dramática

Olá pessoas! Hoje eu trago para vocês a indicação de uma série que eu tenho amado muito. Big Little Lies é uma adaptação do livro que carrega o mesmo nome (traduzido no Brasil como Pequenas Grandes mentiras e lançado pela editora Intrinseca), da autora Liane Moriarty. A história vira em torno de um misterioso assassinato que aconteceu na rica comunidade de Monterey, na Califórnia. Na série, vamos acompanhando a vida de três mulheres, mas ninguém sabe o que elas tem a ver com o assassinato.

Todos sabem, mas ainda não se elegeram os culpados. Enquanto o misterioso incidente se desdobra nas páginas de Pequenas grandes mentiras, acompanhamos a história de três mulheres, cada uma diante de sua encruzilhada particular. Madeline é forte e passional. Separada, precisa lidar com o fato de que o ex e a nova mulher, além de terem matriculado a filhinha no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline, parecem estar conquistando sua filha mais velha. Celeste é dona de uma beleza estonteante. Com os filhos gêmeos entrando para a escola, ela e o marido bem-sucedido têm tudo para reinar entre os pais. Mas a realeza cobra seu preço, e ela não sabe se continua disposta a pagá-lo. Por fim, Jane, uma mãe solteira nova na cidade que guarda para si certas reservas com relação ao filho. Madeline e Celeste decidem fazer dela sua protegida, mas não têm ideia de como isso afetará a vida de todos. Reunindo na mesma cena ex-maridos e segundas esposas, mães e filhas, bullying e escândalos domésticos, o romance de Liane Moriarty explora com habilidade os perigos das meias verdades que todos contamos o tempo inteiro.

Best-seller do The New York Times na semana do lançamento, Pequenas grandes mentiras foi adaptado para a TV pela HBO e tem estreia prevista para fevereiro. Com 7 episódios, Big Little Lies conta com a produção de Reese Whitherspoon e Nicole Kidman que, com Shailene Woodley, também interpretam as protagonistas.

Quando comecei a assistir Big Little Lies, sabia que iria amar a série e viver por ela. Conforme os episódios foram passando, fui percebendo a intensidade da história e de como ela era importante. Veja bem, a premissa é um suspense, quem matou alguém daquela sociedade rica de Monterey na Califórnia? O que aconteceu na noite de charadas? Parece bobo e comum quando pensamos apenas na sinopse, mas quando abrimos a janela da história e percebemos suas reais intenções, a boca seca e o coração aperta.

A direção de arte do filme é impecável, com tons que vão de vivos e exuberantes a melancólicos e dramáticos, apenas para representar as emoções dos personagens e as situações em que estão envolvidos. A direção da série é feita pelo mesmo diretor que dirigiu Clube de Compras Dallas, um filme que particularmente amo muito, e faz com que o telespectador se sinta inserido àquela história.

Se eu pudesse definir essa história com apenas uma palavra, seria imensidão. Trazendo temas pesados como estupro e violência doméstica, a imensidão de sentimentos, confusões, dores, sensibilidade e franqueza é muito intensa. A imensidão de tudo o que a história quer contar é simplesmente… imenso. Intenso. Melancólico. Sensível.

Enquanto a série de TV buscou retratar muito bem a história e o peso dela com a direção e o roteiro, os takes, a trilha sonora, o livro é cru, dolorido e deliciosamente bem escrito. Foi meu primeiro contato com a autora e, particularmente, a achei genial. Não li o “Segredo do meu marido”, mas é uma das minhas próximas leituras, porque Liane conseguiu me conquistar com apenas 30 páginas.

O enredo é ágil, bem elaborado e bem desenvolvido. Não há superficialidade e até mesmo as banalidades de uma sociedade rica da Califórnia é retratada de forma profunda, a ponto de entendermos e nos simpatizamos com uma realidade e pessoas bem distintas de nós, na maioria das vezes.

Para conferir mais as minhas impressões sobre o livro e a série é só assistir ao vídeo. Participe do sorteio que está acontecendo na página do facebook ok?

4 comentários

  1. Olá Anelise, tudo bem?
    Amei o post! Eu li "Segredos do meu marido" e adorei, então corri para ler "Pequenas Grandes Mentiras" também. O livro é ótimo, a leitura fluiu facilmente, e apesar de assistir os dois primeiros episódios da série, que são ótimos, ainda não conferi os demais.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Esther, estou bem e você?
      Eu quero muito ler Segredos do Meu Marido!!

      bjs

      Excluir
  2. Quero muito assistir! Eu já tinha ouvido falar do livro, mas ainda não li. Também quero haha

    Beijos
    www.enfim-resolvido.com

    ResponderExcluir