Olá leitores! Como vocês estão?
2017 já começou com tudo no meio literário. Em Janeiro tivemos lançamentos de livros muito esperados pelos público, como Crave a Marca. Mas em fevereiro, a Editora Rocco lançará um título melhor que o outro. Hoje, eu vou mostrar para vocês quais são os principais lançamentos da editora. 

Deixem nos comentários quais foram os que mais chamaram a atenção de vocês. Logo teremos as resenhas aqui no blog e espero que vocês fiquem tentados a lê-los. ❤️

A CAMINHO DO AZUL SERENO
Verônica Rossi

A corrida para o Azul Sereno está chegando ao fim. Mas, para vencer, Perry precisa fazer o último sacrifício. Será que ele está pronto para isso? A caminho do Azul Sereno é o derradeiro capítulo da trilogia Never Sky, o grande sucesso da brasileira radicada nos EUA Veronica Rossi. Aria e Perry estão determinados a achar o último refúgio para forasteiros e ocupantes, a grande chance de fugir das tempestades de éter. Confinados na caverna para onde tiveram que se retirar por causa do aumento das tempestades, o grupo tem que enfrentar a dor da perda de Liv e da ausência de Roar, desaparecido na sua última missão. O pequeno Cinder é a chave para Azul Sereno, mas Hess e Sable estão em vantagem na corrida, eles ainda mantêm o jovem como prisioneiro. E o tempo para o resgate do garoto está se esgotando.  Sem outra opção, Perry e Aria juntam um time único para uma missão impossível.  Neste último livro, os protagonistas partem para a mais perigosa de suas aventuras. Muito mais que o amor proibido entre dois jovens, agora toda vida dos ocupantes e forasteiros está em risco. É sobre os ombros dos dois que recai toda a responsabilidade. Um final emocionante e épico para uma das melhores sagas dos últimos anos.
A RODA DA ETERNIDADE
Neil Gaiman e outros 

Joey Harker nunca quis ser um líder, mas o destino o levou a este papel. E agora é sua responsabilidade evitar o fim do Entremundos, do Multiverso e tudo mais que existe. A roda da eternidade é a alucinante conclusão da série Entremundos. Imaginada por ninguém menos que Neil Gaiman, e escrita pelo premiado autor Michael Reaves e sua filha Mallory, o livro mostra o destino de Joey Harker e os outros andarilhos. Joey imaginava que tinha encontrado seu lugar como um agente do Entremundos - organização responsável por manter a paz nos vários universos e dimensões, com sua habilidade de andar entre as dimensões -, mas sua última missão foi um desastre e colocou todo o universo em risco. Agora a Cidade-base, quartel-general do Entremundos, está perdida no fluxo temporal numa corrida contra a Brux. Joey desperta em um futuro devastado, e somente com a ajuda de Tom, um estranho ser de outra dimensão, ele consegue voltar ao seu tempo para tentar consertar o problema. Machucado e solitário, Joey se recusa a desistir. Com a ameaça da Noite Gélida cada vez mais próxima, Joey começa a recrutar novos andarilhos para ajudar em sua luta. Mas, para variar, as coisas não saem como o planejado. E apesar de não querer estar no comando, assumir o papel do Ancião é uma grande honra e responsabilidade, e ele não pretende deixar seus amigos e todo o universo na mão. Repleto de ação e aventura, A roda da eternidade leva Joey Harker e Acacia Jones ao confronto definitivo contra Lord Dogknife, Lady Indigo e forças da magia, Brux e ciência, Binários. E fecha com chave de ouro uma série surpreendente, mais um sucesso com a marca de Neil Gaiman.

EU ESTOU PENSANDO EM ACABAR COM TUDO
Ian Reid

Uma longa viagem de carro ao interior entrecortada por pensamentos sobre encerrar um relacionamento e a angústia com uma mórbida perseguição telefônica. Alguma coisa ruim vai acontecer? O romance de estreia de Iain Reid é um murro. Baseado em uma narrativa profundamente psicológica, Eu estou pensando em acabar com tudo é uma espécie de thriller minimalista, que esconde muito bem o medo de uma tragédia iminente com alegorias sobre a própria vida ser uma tragédia anunciada.  Antes de se embrenhar pela ficção, o autor canadense Iain Reid vem de dois trabalhos de não-ficção elogiados pela crítica americana: One bird's choice e The Truth About Luck, relatos autobiográficos divertidos e com um profundo viés geracional, além de contribuir regularmente para veículos como o jornal National Post e a revista New Yorker. Com Eu estou pensando em acabar com tudo, Red constrói uma trama onde a tensão pode ser sentida no ar, nos movimentos e convicções, na entrelinha do texto.  No livro, o casal protagonista viaja à fazenda da família de Jake, único personagem que tem o nome citado no livro, para que a moça, que narra a trama, conheça os pais do rapaz. Tanto a viagem aparentemente banal quanto a própria fazenda carregam histórias sombrias no subtexto. A cabeça da garota está atormentada pela perseguição de um homem misterioso que deixa sempre a mesma mensagem de voz, mas não consegue contar a Jake. A casa da fazenda também tem seus traços sinistros no porão e a história toda corre com a sensação de que estamos todos só aguardando o inevitável. 

UMA PEQUENA MENTIRA
K. A Tucker

Livie, a mais centrada das irmãs Cleary, segurou as pontas após a morte dos pais num acidente em que Kacey, a mais velha, foi a única sobrevivente, e cuidou da irmã quando ela caiu em depressão. Aos poucos, Kacey superou seus traumas e encontrou a felicidade, enquanto Livie se dedicava aos estudos. Agora, no segundo do livro da série de sucesso Ten Tiny Breaths, K. A. Tucker joga o foco de sua envolvente narrativa sobre a caçula e questiona: até que ponto vale a pena dominar seus sentimentos por medo de se machucar? Uma pequena mentira é mais um livro da coleção <3 Curti, do selo de entretenimento Fábrica231, para quem não abre mão de uma boa história romântica. Pronta para viver as emoções típicas de uma caloura, Livie decide superar a timidez e viver a vida como uma garota de 18 anos, com festas, bebidas e garotos. Reagan, a elétrica companheira de quarto, ajuda Livie na missão. Muito tímida, ela nunca tinha se relacionado com ninguém, nem mesmo uma “ficada”. E, em sua primeira festa universitária, acaba bebendo, beijando e se vendo melhor amiga de desconhecidos. Até tatuagem ela faz no melhor estilo "Se Beber Não Case". Mesmo com a ressaca do dia seguinte, Livie tem flashes do acontecido e a confirmação de que trocou beijos com Ashton Henley, o capitão da equipe de remo e conhecido garanhão da universidade. Mas algo acontece desse inusitado encontro. Ashton, um cara reservado na vida pessoal e com um passado traumático e misterioso, não esconde o interesse por Livie. Ela, por sua vez, tenta decifrar seus sentimentos e as reações em seu corpo provocadas pela simples proximidade com Ashton.  O receio de ser mais uma na lista de conquistas do capitão é grande e por isso ela tenta ser racional. Investir no relacionamento com Connor, o melhor amigo de Ashton e seu companheiro de dormitório e de time, é uma das formas encontradas. Mas nos assuntos do coração é difícil manter a razão. Com Ashton, Livie descobre que pequenas mentiras podem mudar o rumo da história e levá-los para lados opostos. Como também aproximar duas pessoas com passados traumáticos num presente incerto. Neste cenário descobrem ainda que, apesar dos obstáculos, nada é capaz de atrapalhar um encontro de almas. 

Deixe um comentário