| RESENHA #138 | O PODEROSO CHEFÃO, MARIO PUZO

ISBN-10: 8501025437
Título: O Poderoso Chefão
Autor: Mario Puzo
Ano: 2016
Páginas: 462
Idioma: português 
Editora: Record
Gênero: Crime / Drama / Ficção / Literatura Estrangeira / Romance / Romance policial
Nota: 5/5
Livro cedido em parceria com a editora.

Sinopse: Publicado em 1969, a saga O poderoso chefão é, até hoje, a mais perfeita reconstituição das famílias mafiosas de Nova York. O carismático Don Vito Corleone é o chefão de uma delas. Apesar de implacável, Don Vito é, essencialmente, um homem justo. Padrinho benevolente, nada recusa aos seus afilhados: conselho, dinheiro, vingança e até mesmo a morte de alguém. Em troca, o poderoso chefão pede apenas o respeito e a amizade de seus protegidos. Assim, todas as suas vontades se tornam realidade. Porém, ninguém pode vencer o tempo. Quando seus inimigos atacam juntos e tudo que sua família significa estiver por um fio, o velho Corleone terá de escolher, entre seus filhos, um sucessor à altura. E Mario Puzo constrói de maneira hábil um mundo de intrigas, decisões cruéis e honra, num legado de tradição e sangue.
O Poderoso Chefão é considerado por mim um dos maiores e melhores livros que já li na vida e do gênero. Há alguns anos atrás, li o livro (uma outra edição da Record) e maratonei os filmes. Foi surreal de tão incrível. No finalzinho de 2016 eu tive a oportunidade de reler essa história, nessa mais nova edição lançada. A nostalgia de voltar para essa história foi algo maravilhoso.

O Poderoso Chefão é uma das maiores histórias sobre a mafia. Ele conta sobre Don Vito Corleone, um chefe de uma grande família italiana e mafiosa de Nova York. Don Vito é um "grande homem", nunca deixa de ser justo e de ajudar seus afilhados e familiares. Ele concede dinheiro, vingança, morte, tudo o que for necessário e em troca ele apenas quer a lealdade e o respeito, o que o torna um grande líder. No entanto, nem tudo são flores, quando os inimigos começam a atacar, sua família se torna um alvo e tudo pode ir por água abaixo. Em tempos de crise, Don Corleone precisará escolher entre seus filhos e um sucessor que esteja à altura para manter o seu reinado. 

Mario Puzo tem uma narrativa tão envolvente que não sei descrever o quão imersa me sinto lendo sua obra. Sua escrita é direta, dura, mas a sua trama e os seus personagens são bem escritos e desenvolvidos, e isso para mim torna essa obra tecnicamente espetacular. Aqui trabalhamos sobre as relações de poder, sobre o poder da máfia, da família e da lealdade de grandes líderes. Além disso, toda a história da mafia americana com um toque italiano e nuances da época, são incríveis para amantes de história. 

Todos os personagens são interessantes a sua medida e bem explorados na narrativa adotada por Mario. Apesar de eu ter visto a adaptação cinematográfica dirigida por Francis Ford Copolla, quando li o livro me senti muito mais inserida e mesmo sabendo o destino final da história e dos personagens, me envolvi da mesma maneira e não queria que o livro terminasse nunca. 

Sabe aquele lance de torcer para o vilão? Isso acontece bastante. Nesse caso, nossas questões éticas e morais entram em jogo quando nos vemos defendendo mafiosos, mas talvez essa seja a grande sacada dessa história. Os conflitos internos da relação do bem e do mal, do certo e do errado. 

Em suma, a releitura desse livro foi muito satisfatória. A edição antiga da Record não era muito boa, mas essa é incrível. Toda a diagramação está muito boa e me ajudou muito na leitura do livro. Se você não conhece essa história, admito que você não pode esperar muito tempo para ler, porque sério, é incrível. Se você gosta de romance policial, crimes, drama, romance, esse livro é perfeito. E, além de ser envolvente, é MUITO bem escrito. 

18 comentários

  1. Oie! Tudo bem? Nossa o Poderoso Chefão é um clássico da tv (filmes) e não nego que quero realizar a leitura do livro também, sair um pouco da minha zona de conforto, e vou procurar com certeza para ler essa edição já que você disse que está perfeita, espero gostar tanto quanto você!
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu fiquei conhecendo essa obra por meio daquela série Eu,a Patroa e as crianças, onde teve um Episódio todo dedicado a ele kkk. Eu nunca procurei em ler ou ver os filmes,,o que parece ser um crime pra mim que amo esse gênero kkk. Agora será lançado meio que uma releitura em animação chamada O Poderoso Chefinho você já viu aos trailes? Aparenta ser bem bacana. Enfim, fico feliz que tenha curtido a releitura e espero conseguir ler a obra esse ano. Até mais ver
    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Oi Anne, que delicia reler um livro e se apaixonar novamente pelo enredo!!! Ainda não li o livro, mas assisti os filmes e adorei, mas lendo a sua resenha, sinto que perdi algo, que só nas páginas eu encontraria. Te entendo quando diz sobre "torcer para o vilão". Quem nunca???
    Amei e quero ler ainda esse ano.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Analise!
    Dei os dvds de presente para meu pai, mas acredita que eu nunca assisti aos filmes? Sei que é um clássico, mas nunca bateu aquela vontade de assistir.
    Também nem sabia que tinha livro. :O Bom, talvez eu dê uma chance no futuro.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu tenho vontade de ler esse livro, afinal, quem nunca ouviu falar em O poderoso chefão, né?! Muito boa essa resenha. É interessante quando um vilão faz com que torçamos por ele.

    ResponderExcluir
  6. Eu vi todos os filmes que pra mim são a melhor trilogia de todos os tempos e li boa parte do livro, amei a narrativa do Mario Puzzo e me senti também inserido na história. :)

    ResponderExcluir
  7. Olá! A adaptação cinematográfica do Poderoso Chefão acredito ser um filme clássico, que está na lista que ainda tenho que assisti, ainda não li a obra. Que bom que tem uma narrativa envolvente, direta e os peonagens são bem escritos e desenvolvidos. Torce para o vilão? Quase sempre isso acontece comigo. Haha' Adorei saber mais da obra através da sua senha - incrível como sempre - e já coloquei o livro na listinha de obra que tenho que ler. Beijos'

    ResponderExcluir
  8. oie, já ouvi muitos, muitos elogios para essa história, e não sabia que a record tinha lançado recentemente uma nova edição dela. Admito que sua resenha me deixou bastante intrigada com todas essas tramas de sucessor do chefão da máfia, e esse toque de história. Quero ler.

    ResponderExcluir
  9. Olá, como vai?

    Linda a resenha desse clássico! Eu realmente não sabia que tinha um livro desta obra, mas já anotei na minha lista de desejos. Apesar de conhecer um pouco da história, eu ainda não não assisti ao filme, uma vergonha, eu sei. Contudo, pretendo concertar esse erro em breve. rsrsrs

    Beijos,
    Dai | Virando a Página

    ResponderExcluir
  10. Olá Anne ♥
    Sou louca para fazer a leitura desse livro desde que assisti esse filme, pois meu avó sempre assistia e eu ficava morrendo de medo, até por que eu era nova. Acho que esse livro seria uma ótima pedida para mim, por que sei que é muito mais completo que o filme (obviamente). Fiquei com mais vontade de ler ainda quando você disse que a narrativa é envolvente, pois já li alguns livros que falam sobre Mafia que a leitura chega ser arrastada por alguns capítulos devido ao excesso. Parabéns pela resenha ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi Anelise.
    Lendo sua resenha eu fiquei super empolgada para ler esse livro mais rápido possível. É um clássico que já está na minha lista há muito tempo, mas agora eu vou acelerar a leitura porque acho que vou ficar tão empolgada quanto você.
    Poucas vezes eu torci para o vilão, quero ver se vou torcer agora. Estou achando que sim.
    Abraços.

    Blog Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Já vi o filme uma vez e gostei muito da premissa, não sabia que tinha um livro e acho que seria uma leitura muito proveitosa; é difícil nesse caso torcer para o mafioso porque ele acaba se tornando "vítima" quando sua família é ameaçada, no caso é só uma questão de análise; dica super anotada e espero conhecer mais dessa história.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Se eu falar que nem sabia que o livro existia você acredita? Também nunca vi a adaptação cinematográfica, mas claro que dessa já ouvi falar muito. Acho que descobri a existência da obra na hora certa, já que você disse que a outra edição não era muito legal. É complicado mesmo torcer por mafiosos... Rs... Quero até ver meu dilema quando isso acontecer. Espero ter logo a oportunidade de ler e tomara que eu goste tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Já tinha visto a trilogia dos livros, mas ainda não li.
    Esse ano eu tinha feito uma lista dos livros e filmes que quero ver, e este é um dos que estão na lista.
    Ótima resenha. Me animei mais ainda em ler depois que vi a nota que você deu.

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    O Poderoso Chefão é um clássico, amo os filmes e ainda não tive a oportunidade de me aventurar nos livros. Espero fazer isso em breve. Amo romances policiais e depois de todos os seus elogios quero mesmo ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Ainda não li a obra e confesso que não sei se leria ou não pelo fato de não ser um gênero que esteja habituada a ler muito.
    A premissa é interessante e saber que Don Vito é um grande homem capaz de tudo para ajudar e proteger aqueles que são fieis a ele me deixa intrigada.
    Adorei saber suas impressões.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  17. Acredita que nem o filme eu vi? Nunca capturou a minha vontade, não é muito meu estilo. A capa do livro é muito bonita, é claro.

    A história, por sua resenha, parece incrivelmente cativante: personagens bem construidos, narrativa espetacular... Mas ainda assim, não me animo =/ simplesmente nao é meu genero.

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  18. Oie
    Tudo bom?
    Acredita que ainda não tive a oportunidade de ler o livro? Só vi filme é adorei, mas como você falou tão bem dá história e imagino que o livro deve ser bem melhor, assim que possível irei ler.
    Beijos

    ResponderExcluir