Título: Novembro, 9
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 352
Idioma: Português
Ano: 2016
Gênero: Yound Adult, Romance
Nota: 5/5

Sinopse: Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?


É sempre muito difícil começar uma resenha sobre um livro que você amou muito. Não porque é complicado falar sobre, mas eu tenho medo de não conseguir expressar exatamente o que senti lendo. Foi o que aconteceu com Novembro 9 da Colleen Hoover. 

Novembro 9 conta a história de Fallon, uma jovem de 18 anos que já passou por muita coisa na vida. Aos 16 anos, Fallon era a estrela de uma série teen, mas uma infelicidade aconteceu, um incêndio deixou parte do seu corpo coberto por cicatrizes, o que acabou levando a saída da série de TV e desmotivando-a a seguir seu sonho de ser uma grande atriz. Dois anos após o acidente, Fallon está almoçando com seu pai em um restaurante, em mais uma tentativa frustrada de relacionamento paternal. Entre discussões e acusações, aparece um jovem em sua vida, capaz de mudar tudo. Seu nome é Ben, que após ouvir do pai da jovem que ela já não era mais tão atraente, acabou se apresentando como namorado dela. Mesmo eles não se conhecendo. 

A partir daqui, Ben e Fallon começam a se conhecer melhor, mas eles têm apenas um dia para aproveitar o namoro de mentira, já que ela está se mudando para Nova York City para tentar a vida de atriz por lá. Foi um sentimento instantâneo e intenso, capaz de mudar a vida de ambos para sempre. Mesmo com todas suas inseguranças em relação a sua aparência, Fallon é uma personagem incrível e Ben conseguiu deixa-la mais confortável sob a própria pele. Mas ela iria embora, eles estavam presos em uma bolha de sensações. O que fariam? Foi então que decidiram que todos os dias 9 de novembro, até Fallon ter 23 anos (Obs.: sua mãe disse que uma mulher “só” poderia se apaixonar quando tivesse essa idade). Cada um seguiria com sua própria vida, mas quando chegasse no dia 9 de novembro, eles iriam se encontrar ali, naquele restaurante, naquele momento ponto de partida. 

Colleen Hoover é uma autora que merece ser estudada. Não é possível que em cada livro dessa mulher que eu ler, eu terei essa intensidade toda na leitura. Quando comprei Novembro 9, eu já tinha expectativas altíssimas, já que eu sou grande fã dela e até o momento nunca me decepcionei com alguma história sua, mas quando o peguei para ler, já houve uma conexão incrível com a história do livro. 

O livro é narrado em primeira pessoa e alterna os pontos de vistas entre Fallon e Ben. Apesar de ter problemas com narrativas em 1ª pessoa, gostei muito de esse livro ter sido dessa forma, pois pude conhecer melhor os personagens, entende-los, principalmente suas motivações, e acabar me solidarizando com suas vidas. Fallon é uma personagem que a gente não esquece, mesmo quando termina a leitura. Com suas inseguranças, medos e frustrações, ela passa uma energia muito maravilhosa e, quanto mais a personagem envelhece, mais e me apaixonei por ela e por sua força, seu espirito. 

Ben também foi um personagem que eu amei muito e o plot twist de sua história foi muito pesado para mim. Não darei spoilers, mas no final do livro, quando ele revela tanta coisa que ele guardou de todos (principalmente de nós leitores), eu senti que queria abraça-lo e dizer que tudo estava bem. Além disso, ele não vê a Fallon como a garota das cicatrizes, como a maioria dos homens, ele A ENXERGA. Entendem? Ele sabe que ela é mais que sua aparência e que ela continua linda. Foi importantíssimo para o emponderamento da Fallon e fiquei extremamente satisfeita com o que encontrei. 

Novembro, 9 foi uma leitura totalmente intensa, que me fez ficar totalmente imersa e inserida àquele universo. A CoHo tem uma maneira tão peculiar de contar uma história, mesmo que ela não tenha grandes elementos ou seja extremamente original, mas a maneira como ela conta, apresenta, desenvolve e explora seus personagens, é o que a deixa diferente de tantos outros autores do gênero. 

O desenvolvimento dos personagens foi um show a parte, a expectativa de saber se eles iriam se encontrar novamente mesmo, como eles estariam depois do ano que se passou e como os sentimentos estariam. Eu fiquei ansiosa para terminar, mas triste por não ter mais para ler. 

Em suma, Novembro, 9 é um livro que foi feito para qualquer pessoa ler e com certeza ficou marcada na minha mente, coração e corpo como uma das minhas melhores leituras do ano. Eu julgo um livro pela maneira como ele me deixa durante a leitura e é por isso que esse em especial me deixou completamente apaixonada e perdida por Colleen Hoover. Eu indico para todos que buscam leituras boas, fluídas e bem contadas. Venha fazer parte do clã dos apaixonados pela CoHo, vem. 


13 Comentários

  1. Ola
    É mesmo muito complicado falar sobre os livros dela. Da vontade de contar tudo e compartilhar com todos as emoções retratadas né?! Me identifiquei muito com sua opinião, mesmo. Fico chocada demais com a capacidade que CoHo tem de criar histórias tão impactantes. Adorei poder conferir seu vídeo também!!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Anne, eu também amo a Collen e todas suas histórias me emocionaram muito, porém o final deste livro me deixou um pouquinho incomodada. Descobrir as causas do incêndio e não ver uma punição pra isso, me deixou bem desconfortável. Mas concordo com você sobre o que disse que esta é uma autora contemporânea que merece ser estuda. Ela tem um jeito único de caracterizar suas narrativas e isso é maravilhoso!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oii Anne, tudo bom? Amei sua resenha!! Todos os livros que li da CoHo até agora foram incríveis e um deles, O Lado Feio do Amor, figura entre meus favoritos <3 Eu ainda não tive a oportunidade de ler este lançamento, mas quero fazê-lo o quanto antes, ainda mais depois do seu post <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi.
    Acredita que ainda não li nada da autora?
    Ouço falarem tanto dela, que os livros são tão bons, que acho que fiquei com medo de criar expectativas muito altas e me decepcionar, como aconteceu com outros livros/autores.
    Mas a sua resenha me deixou com vontade de ler. Principalmente pelo fato de a mocinha ser uma garota insegura (com motivo, neste caso) e o mocinho lhe a ajudar a recuperar a auto estima.
    Amei a resenha e foi para a lista.

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Estou louca para ler esse livro, pois acho bem interessante a forma como o Ben enxerga a Fallon e me pergunto como a Fallon age com a forma como o pai dela a trata e como a história se desenrolará.
    Gostei muito da sua resenha e acho que, sim, a autora precisa ser estudada, pois ela cada vez nos toca mais, não é?
    Espero me sentir tão apaixonada como você.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ola a cada resenha falando que amou esse livro como a sua tenho.mais e mais vontade de ler ele porque eu amo a Hoover. Só que sei que livros dela tem que ler com o espírito preparado para a intensidade dela. Acho que estou adiando a leitura por isso. Eu entendo que é difícil fazer uma resenha de algo que você gostou muito, má você se saiu muito bem. Parabéns.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Realmente parece ser uma leitura muito marcante. Todas as resenhas que eu leio dessa obra só me fazem ter certeza de que irei amar. Li só um livro dessa autora, mas já foi o suficiente para querer ler mais! *-*
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Eu também me sinto assim quanto vou resenha rum livro que eu amei. Eu estou louca para ler esse livro e depois da sua resenha eu fiquei ainda mais interessada. Acredito que a trama seja excelente e com um enredo de fazer a gente virar a noite lendo. Você conseguiu me deixar muito mais curiosa e espero poder realizar essa leitura em breve.

    ResponderExcluir
  9. Oii!!!
    Não conhecia esse livro ainda, confesso que pelo título, achei que fosse algo de terror. Me enganei completamente. Seria tão bom se todos pensassem igual a Ben. Quantas pessoas na vida real não se afastam de pessoas que passam por algo parecido com que a Fallon passou. Gostei muito, fiquei bem interessada. Sua resenha foi bem instigante e conseguiu transmitir seus sentimentos ao ler esse livro.

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    Se tem um livro que ando louca pra ler é esse! A cada resenha que leio minha vontade de o ter em mãos só aumenta :)
    Acho a premissa do livro mega atraente e não tenho dúvidas de que a autora consiga se superar sempre... Já virou tradição!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Anelise!

    A cada resenha que leio sobre essa obra, eu fico mais ansiosa para que o meu exemplar chegue logo aqui em casa! Sou apaixonada nas escrita da Colleen! Ler a sua resenha e conhecer suas impressões com a obra só me deixam curiosa! Parabéns!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi. Esse vai ser o primeiro livro da Collen que vou ler devido a tantas resenhas positivas que estou lendo sobre ele. Aborda um drama familiar bem intenso neh? Acho que já odeio o pai dá protagonista antes de ler.

    Bj

    ResponderExcluir
  13. Oi Anelise, tudo bem?
    Eu li o livro recentemente e gostei muito dele, achei que os personagens são super fofos e adorei as reviravoltas propostas pela autora. Fiquei muito feliz em ver que você gostou do livro, ele é realmente maravilhoso e a CoHo não decepciona! Meus parabéns pela resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir