ISBN-10: 1476791457
Titulo: Confess
Autora: Colleen Hoover
Ano: 2015
Páginas: 320
Idioma: inglês  
Editora: Atria Books
Gênero: romance
Nota: 5/5
Sinopse: Auburn Reed tem sua vida inteira traçada. Seus objetivos estão à vista e não há espaço para erros. Mas quando ela entra em um estúdio de arte de Dallas em busca de um emprego, ela não espera encontrar uma atração profunda para o artista enigmático que trabalha lá, Owen Gentry. Por uma vez, Auburn assume um risco e coloca seu coração no controle, apenas para descobrir Owen está mantendo grandes segredos de sair. A magnitude de seu passado ameaça destruir tudo o que é importante para Auburn, e a única maneira de recuperar a vida dela é cortar o Owen. A última coisa que Owen quer é perder Auburn, mas ele não consegue convencê-la de que a verdade às vezes é tão subjetiva quanto a arte. Tudo o que ele teria que fazer para salvar seu relacionamento é confessar. Mas neste caso, a confissão poderia ser muito mais destrutiva do que o pecado real.

E novamente me apaixonei pela Colleen Hoover. Ela fez de novo aquilo que ela sempre faz, prende o leitor e o faz seu escravo por toda a eternidade. Confess conta a história de Auburn, uma jovem que tem uma vida inteira já traçada. Sofreu uma perda muito nova e carrega até hoje o fruto dessa perda. Após se mudar para Dallas, Auburn precisa procurar um emprego e enquanto busca, encontra um lugar onde as pessoas colocam suas maiores confissões. Intrigada, ela começa a olhar por todo o lugar e encontra uma placa dizendo que alguém ali dentro precisava de muita ajuda. Curiosa, Auburn adentra o lugar e percebe que ali era um estúdio, um atelie de um artista chamado Owen Gentry. 

Owen Mason Gentry é um artista e na maior parte do tempo fica recluso pintando, focado no seu processo criativo. Owen tem um acontecimento no passado que até hoje deixa sinais em sua família, especialmente em seu pai. Quando Auburn entra em seu estúdio e pergunta se ele precisa de ajuda, ele logo sente que ela é uma mulher diferente de todas as outras que ele já namorou. A partir desse momento, a história de Owen e Auburn se conectaria e virariam uma só.

Imagina você ler um livro onde todas as confissões são verdadeiras, escritas por leitores anônimos da CoHo? Logo de cara quando soube dessa informação, fiquei super atenta e muito emocionada com algumas das presentes no livro. Além disso, a forma como foi tratada essas confissões, de maneira artística e poética, é um dos pontos altos da história. 

“Meu pai faz sexo comigo desde quando eu tinha oito anos. Tenho trinta e três anos, casada e com meus próprios filhos, mas ainda tenho muito medo de dizer não para ele.” Confissão anônima.

Colleen Hoover saber como deixar seus leitores morrendo de amores por seus personagens. Assim que a história começou, eu já estava totalmente envolvida com a Auburn e sentindo o peso que seria sua vida. Quando fui apresentada ao Owen, senti que poderia amá-lo para sempre. Talvez seja um dos personagens mais apaixonáveis da literatura contemporânea.  

Auburn perdeu um amor quando tinha 15 anos e após a perda de Adam, ela descobriu que estava grávida. Manipulada por seus familiares, ela acaba deixando a guarda para a mãe de Adam e a criança passa a ficar com a avó. Auburn sofre muito com isso e por ser uma mulher de 21 anos, ela sofre retalhação por parte da família do seu ex amor. Owen estava dirigindo quando sua família sofreu um acidente de carro e apenas ele e o pai sobreviveram. 

Todos os personagens possuem seus conflitos internos, suas batalhas diárias, mas eles se encontram na luz, no amor, no companheirismo. É muito legal ver a construção da atmosfera do casal. Por ser um livro curto, não há enrolação para que ambos se envolvam, e isso foi um dos pontos altos para mim. É um livro intenso com um casal que se apaixona intensamente e a CoHo não teve medo de colocar essa intensidade. 

Em suma, o livro é um dos melhores e mais envolventes que li no ano. Ele é narrado em primeira pessoa com alternância de pontos de vista, ou seja, conhecemos os segredos mais profundos e íntimos dos dois personagens. Todos os dilemas, todos os problemas e situações criados e desenvolvidos no livro são bem estruturados e por isso Confess se torna um dos melhores livros da CoHo que eu li. Eu indico a todos vocês que buscam romances envolventes e bons e se você não conhece Colleen Hoover, você deveria..  

13 Comentários

  1. Olá Anelise. Já li alguns livros da autora e, concordo quando você diz que, é impossível não se emocionar e ser completamente envolvido pela escrita dela. Esse livro eu não li, no entanto pela sua resenha, farei uma excelente leitura, caso venha a lê-lo.Abraço!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Saber que boa parte das histórias contadas são verdadeiras e de leitores da autora dá uma emoção maior de ler. Eu fiquei apaixonada pela escrita de Hoover desde que li a trilogia de métrica, mas desde então não li mais nada dela. Percebe-se que esse livro deve ser bem instigante como um todo, gostaria muito de conhecê-lo.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Hey, tudo bem?
    Acho que essa é a primeira vez que leio uma resenha desse livro e confesso que fiquei bastante curiosa quanto a obra. Ainda não li nada da Colleen Hoover, mas sempre vejo elogios sobre as obras dele, e pelo que já li dos seus livros tenho bastante certeza de que vou adorar a escrita dela. Dica anotada, espero pode conferir em breva haha

    ResponderExcluir
  4. Oi Anne, li este livro na época no lançamento e acho que ele é mais fraco da Colleen, mas ainda assim, um livro beirando a perfeição, porque quando o assunto é CoHo, o menos dela é o melhor de muitos. Essa coisa dos segredos serem verdadeiros é muito instigante e as ilustrações que o livro traz, me deixaram deslumbrada!!!
    Como você disse, ela não teve medo de escrever sobre a intensidade da paixão do livro e aos poucos, sinto a autora cada vez mais ousada, mas mantendo o padrão na trama. Como não amar???
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    Como você disse,

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Quase peguei um spoiler ali hahaha.
    Enfim, quero ler todos os livros da CoHo, amo suas histórias, sua escrita, seus personagens e pelo o que você falou da história irei amar. Não vejo a hora desse livro chegar ao Brasil <3

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Quase peguei um spoiler ali hahaha.
    Enfim, quero ler todos os livros da CoHo, amo suas histórias, sua escrita, seus personagens e pelo o que você falou da história irei amar. Não vejo a hora desse livro chegar ao Brasil <3

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    ~escrava da Colleen falando aqui~ eu ainda não li este livro, mas finalizei "Novembro, 9" recentemente e ainda estou sonhando com a história...hehe' é incrível e assustador o que a autora consegue fazer com a gente, né? Espero que "Confess" chegue logo por aqui, pois eu tô DOIDA para conhecer! Saber que foi um dos melhores que você leu no ano, e que os personagens são sofridos (amo!) me animou ainda mais.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu sou simplesmente apaixonada por essa autora. Depois que li a trilogia Métrica, não consegui mais parar e sempre que tem algo de lançamento, estou dando um jeito de conferir. Esse infelizmente, ainda não consegui fazer a leitura, mas espero conseguir em breve.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Olá! Como assim tem histórias verdadeiras de leitores?
    Fui lendo sua resenha e bateu uma enorme vontade de já estar com o livro nas mãos. Anotado e já indo na Amazon pra ver se encontro.
    Resenha show! Bjs

    ResponderExcluir
  10. Você descreveu perfeitamente o que essa autora faz com a gente: nos faz escravos dela. Já li outros livros dela e entendo bem essa intensidade que ela traz em suas histórias. Adorei esse livro, com certeza lerei se tiver a oportunidade. Sua resenha ficou impecável, adorei também!!

    ResponderExcluir
  11. Oie
    Essa é a primeira resenha que eu leio desse livro da Colleen e tenho que dizer que eu to apaixonada.
    Sua escrita é fascinante e que ideia foi essa de escrever confissões dos leitores?
    Só por ser dela, já tinha que dizer que é um livro que eu leria. Pelas suas considerações tenho que dizer que eu vou ler com certeza!!
    Ele ainda não foi lançado aqui no Brasil, né?

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  12. Eu adoro o estilo da CoHo! Todos os que li dela até agora foram incríveis e um deles está entre meus favoritos da vida <3 Confess parece ser um romance mega intenso e, como é característico da autora, com personagens que tem um passado triste. Adoro um drama! Já quero muito ler. Sua resenha ficou maravilhosa!
    Beijoos

    ResponderExcluir
  13. Olá Anelise,
    Que bom que o livro foi um dos melhores e mais envolventes do ano.
    Tenho muita curiosidade com relação a esse livro, mas com receio de sua intensidade. O fato de o livro ter confissões verdadeiras é algo que já aperta meu coração e o deixa bem pequenino, sabe? Não sei se aguento tanta coisa sabendo que é real. Achei legal eles encontrarem a luz e continuarem batalhando.
    Vou tentar ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir