ISBN-10: 8576865262
 Título: A Garota do Calendário #5: Maio
 Autora: Audrey Carlan
 Ano: 2016
 Páginas: 144
 Idioma: português 
 Editora: Verus
 Gênero: Erótico, romance, literatura estrangeira 
 Livro cedido em parceria com a editora.

Sinopse: O quinto volume do fenômeno editorial nos Estados Unidos, com mais de 3 milhões de cópias vendidas Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em maio, Mia vai trabalhar como modelo no Havaí, onde conhecerá Tai, um dos homens mais impressionantes que ela já viu. Com ele, Mia vai descobrir que o prazer não tem limites — e que ela deve aproveitar absolutamente tudo o que a vida tem a oferecer.


E chegamos ao mês 5. Mia já está quase no meio de sua jornada e no mês de maio ela vai para o Havaí, trabalhar como modelo, mas acaba conhecendo Tai, um homem interessante, lindo e muito atencioso, que promete levá-la a noites intermináveis de sexo.  

Sim, essa é a premissa desse livro e devo dizer que fiquei um pouco incomodada com a tradução de umas palavras que o Tai usava durante a relação sexual dele com a Mia. Eu sempre soube que livros eróticos tinham um palavreado bem inapropriado, nunca foi um problema para mim, mas nesse livro, conseguiram se superar ao chamar o órgão sexual da Mia de "flor''. Eu não conseguia parar de rir.

É nítido o que a autora quer passar uma mensagem em cada livro que escreveu da série e se o leitor não entendeu, no final da história ela deixa bem claro. Em Maio, Mia percebeu que não adianta forçar situações, que é preciso deixar as coisas acontecerem, ser feliz no agora e aproveitar o momento e as oportunidades que a vida lhe da. Nesse caso, Mia aproveitou transando muito com Tai, mas muito - mesmo -. Mas o que a gente poderia esperar? A mulher estava leve, solta no Havaí com um homem tentador e ainda trabalhando como modelo. Além do cache absurdo que receberia só por estar ali. 


" – Você está perdida e em uma grande jornada. Não tenha medo. Vai encontrar muitas alegrias antes de se comprometer com seu 'para sempre'." 

É repetitivo dizer que A Garota do Calendário possui uma linguagem bem leve e uma narrativa fluida. A intenção aqui é realmente mostrar as andanças da Mia durante esse ano. Em Maio, ainda conhecemos mais o lado que a Mia sempre teve, a posição de mãe e irmã, e nesse volume, vemos isso com mais nitidez quando sua irmãzinha anuncia o próprio casamento.

Apesar de algumas questões levantadas sobre o seu futuro, sobre a idade estar avançando e ela não saber bem que rumo tomar, não tivemos grandes avanços na história. Eu particularmente gostei do mês de maio, achei que houve menos forçação de barra que o mês anterior e foi bem mais divertida a leitura. Principalmente com a tradução das cenas quentes.

Em suma, A garota do Calendário: maio, não foge do convencional e da proposta inicial da série. Aqui já percebemos uma Mia diferente e estamos mais convictos de que a experiência que ela está tendo, é proveitosa. Agora o que nos resta é acompanhar o desenrolar dessa jornada.


30 Comentários

  1. Olá
    Eu também estou acompanhando essa série, inclusive já li até junho e estou ansiosa pelos demais. A autora está surpreendendo bastante. Confesso que meu preferido é o mês de maio mesmo, especialmente por conta dos elementos que a autora inseriu por aqui. Realmente houve menos forçação de barra. Suas impressões são bem parecidas com a minha.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Anelise!

    Eu gostei mais de abril, confesso, fiquei fã do casal Mason e Rachel. Mas Maio não me desagradou por completo, gostei bastante de ver o relacionamento da Mia com a irmã. Agora é aguardar os próximos livros <3

    Bjs, Mi


    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bom?
    Essa série não consegue chamar minha atenção, por mais resenhas que eu leia da mesma, mas, tirando isso, parece que o pessoal está curtindo bastante. Que bom que maio não teve tanta forçação de barra quanto o livro anterior e que você gostou da leitura. Não posso deixar de falar claro, que nomenclatura para o órgão genital é essa gente?! Flor?! kkk


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  4. Oi, Anelise. Eu não curto romances eróticos, mas esse vem causando burburinho desde que saiu o exemplar de janeiro. E claro, deixa qualquer um curioso pra conhecer um pouco a trama. Estou com o livro de janeiro pronto pra ler, mas tenho ainda um pouco de receio. Espero gostar e poder acompanhar a série, afinal faz tempo que nao leio séries. Morri de rir com o "flor". hahahahaha.

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Estou com os livros da serie aqui até Junho.Li o primeiro e amei, mas li comentários tão negativos das continuações no face que até fiquei meio assim.Mas como não desisto nunca, vou pegar pra ler, espero não me decepcionar com a escrita da autora e nem com a Mia.

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu li apenas os dois primeiros volumes da série mais já me viciei e quero que ela fique com o Wes. Achei muito cômico ele chamar de flor a parte íntima da Mia. Eu não me senti muito atraída para esse volume mas deve ter sido só uma primeira impressão mesmo porque eu sei que a leitura vai ser boa, muito boa.

    ResponderExcluir
  7. Mais uma resenha que leio dessa série com um título tão peculiar...
    E confesso que decididamente não sei se pretendo dar uma chance. Nada contra romances eróticos, mas doze livros não é demais, não? Ou a intenção da autora foi espremer a laranjeira toda? kkkkkkkkkkkkkkkk.
    Se bem que a ideia, por si mesma, é interessante.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky!
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    É interessante que a cada volume a autora queira passar uma mensagem e se o leitor não entende ela diz no final kkkk
    Gostei de saber que Mia vai para o Havia e que lá encontra Tai e resolve aproveitar o hoje e agora. Essa história de flor também me levará a altas risadas quando fizer a leitura da série.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Só li janeiro e fevereiro ficou empacado aqui na estante. Não comprei os outros livros e acho que vou acompanhar em e-book mesmo. Não achei o livro e o enredo lá essas coisas, mas algumas coisas me deixaram curiosas para continuar a leitura da série.
    Acho que maio será um dos meses que irei gostar e pelo visto é um dos livros que acredito eu, a personagem está amadurecendo.
    Acho que a questão da Flor, apesar de cômico, te, seu significado. Observe que os primeiros eróticos lançados sempre tinham ou a maioria flores na capa. Os da Megan Maxwell foi o campeão da floricultura. rsrsrsr

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  10. Olha, vou te dizer, morro de preguiça dessa série. Não curto livros hot, e saber que nesse tem tanto sexo e ainda com essa tradução esquisita que te divertiu e te fez rir, mas que só ia me entediar ainda mais, só me faz querer passar mais longe ainda dele. Que bom que gostou da história desse mês, espero que continue curtindo a série, mas realmente não tenho nenhuma vontade de conhecê-la.

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Estou ouvindo muito falar sobre essa série, e ainda tenho dúvidas se é uma série que vale a pena a leitura. Foi muito bom saber que você gostou da história desse mês e vou aguardar todos para ver se vale mesmo a pena.
    Beijos,Lari.
    Segredosdeumacerejeira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Olá. Também acho que a ideia da série e bastante diferente, mas você é a primeira pessoa que fala que ao final de cada livro a autora tenta deixar uma mensagem clara. Acho que isso é importante até porque senão ficaria apenas um livro só com cenas de sexo né? Ainda não li os livros, apesar de ter todos lançados na estante. Obrigada por sua visão diferente! Bjus

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Recebo recentemente esse livro e estou super ansiosa para conferir. A Mia tem muito o que aprender até ficar com Wes. Sua jornada está só na metade e devemos esperar muita coisa. Amo essa série e com certeza vou ler.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem? Eu já li até o mês de agosto e posso dizer que não foi um dos meses que mais me diverti lendo. Achei bacana a autora ter inserido a Ginelle e a Mady nessa viagem. Imagina uma viagem para o Hawai com a melhor amiga e a irmã e ainda conhecer um cara como o Tai?.
    Bj

    ResponderExcluir
  15. Olá!! :)

    Eu não sabia da existência deste livro mas e obvio que já conhecia a coleção! :) ahah Ultimamente não se fala de outra coisa...

    Contudo, não lerei, porque não aprecio literatura erótica, ainda que goste dessa evolução sentida e aprofundamento da protagonista! :) E e ótimo que não perca o objetivo central da coleção!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Anelise, tudo bem?
    Quando essa série estava lançando os primeiros volumes, não botava fé de que os próximos livros seriam tão bons quantos os primeiros. Com tanta opinião positiva, percebi que estava errada e que a autora provou que sabe sim manter o mesmo padrão.
    Eu não gosto de ler romances eróticos, seja com muitos palavreados ou sem, mas confesso que ri quando você mencionou que Tai chama o órgão de Mia de "flor", hahaha. Sério, é impossível não rir disso.
    Legal saber que a protagonista esteja amadurecendo e que nesse volume a família esteja mais presente. Quem gosta desse gênero com certeza irá apreciar.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    É impressionante como essa série ficou famosa, principalmente aqui no Brasil. Desde que foi lançada já vi várias resenhas desses livros, porém não curto o gênero.
    E esse sendo o quinto, ele é muito parecido com os anteriores. Não consigo ver um adiantamento na história. Para mim não dá...
    Boa sorte para os próximos. Tomara que sejam bons.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Li a série até março (por enquanto) e acho muito interessante essa coisa de trazer uma questão/mensagem e um pedacinho da vida da Mia em cada livro. Apostar em uma série com 12 livros nesse estilo é algo bem diferente, fico curiosa em saber como a autora vai levar os leitores até o final dessa história.
    Beijos, Luana

    ResponderExcluir
  19. olá tudo bem?
    eu tenho os três primeiros da série, e não vejo a hora de completar toda a coleção.
    essa resenha só me fez querer mais ainda, adorei. beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
  20. Tenho vontade de ler essa série, mas não no momento, as luzes estão muito focadas nela KKk, mas já estou rindo previamente com o cara chamado o orgão da Mia de flor, eu não me aguento com coisas assim, minha maturidae não é o suficiente para não rir disso KKK

    ResponderExcluir
  21. Oi, Anelise.
    A GAROTA DO CALENDÁRIO é uma série que não me atrai, porque, não curto livros eróticos, ainda mais se tratando desses palavreados que você mesmo mencionou na resenha... Acho tudo muito vulgar. Mas, o que mais me incomoda mesmo é o fato da protagonista ter um amante a cada mês, isso definitivamente tira meu interesse pela obra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. OI!!

    Ane serei bem sincera, comprei os 4 primeiros volumes pq estavam na promoção e para promover o blog comprei um a mais para o sorteio. Entretanto não me sinto compelida a ler. Gênero new adult já é de si só repetitivo e uma série em que a mulher para ganhar dinheiro passa um mês aproveitando com cada homem não me é romântico. Não sou moralista, juro, e compreendo que trabalhando em uma praia como modelo, um homem lindo, maravilhoso, rico.... nos atraia, mas realmente ela consegue atua como a impenetrável, tá melhor que garota de programa, rs, talvez eu esteja sendo muito cética e o livro seja bom, mas até agora não fui convencida por essa série. Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Olá!!!
    Sempre vejo vários comentários positivos com relação a essa serie,até hj não vi nenhuma negativa mas mesmo assim não me interessei em ler ainda,não que eu não goste do gênero,já li vários livros com essa temática mas é sempre o mais do mesmo o que acaba sendo tedioso,por enquanto passarei essa leitura,quem sabe mais pra frente eu resolva ler,e principalmente por ser uma leitura rápida e que fluí bastante.

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/09/resenha-pecados-no-inverno-lisa-kleypas.html

    ResponderExcluir
  24. Olá amore,
    Sério... não leve a mal, mais já estou mega cansada em ler a resenha dessa série... no entanto, a cada resenha que leio vou descobrindo um pouco mais da série que já está anotada aqui pra ser lida - e sua resenha não foi diferente!
    Paarabéns!

    Beijokas!!!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Não tenho a mínima curiosidade de ler esses livros. Não gosto de livros eróticos e acho que seria apenas uma pessoa falando mal da obra, sabe? E não acho certo, pois pessoas que gostam veem que a obra é boa.
    Sério que chamaram o órgão sexual da Mia de Flor? Que coisa mais estranha, acho que cairia na gargalhada, como você. A única coisa que não entendo nessa série, por todas as resenhas que já li, é que a Mia parece gostar de um cliente específico e nutrir um carinho por ele (não sei se é do livro 1 ou 2) e ela, ainda assim, dorme com todos os clientes? Isso não derrubaria sua teoria de 'amor'? Acho que divaguei demais hahah.
    Gostei muito da sua resenha, mas, ainda assim, não sinto vontade de ler.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  26. Oii,
    Eu vejo muitas opiniões divergentes sobre essa série, uns amam e outros odeiam. Eu não me interesso porque o gênero não me atrai e eu ando meio que fugindo de séries e essa são 12 livros, ou seja, coisa pra caramba kkk. Espero que você continue gostando da leitura :D

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Olá!!

    Eu tenho os dois primeiros exemplares e ainda não li. Eu não sei, acho que essa história não vai funcionar pra mim. Talvez seja preconceito mesmo e espero que quando ler isso caia por terra, mas fico feliz que a série está sendo boa para você.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir
  28. Oie tudo bem?
    Então eu comecei a ler essa serie li janeiro fevereiro não sei se foi aqui ou em um dos ouros blogs literários que eu acompanho que eu falei que ia deixar para ler todos juntos em uma maratona no final do ano mais sinceramente estou pensando em nem ler.
    Será mesmo que ela vai se envolver sexualmente com quase todos os encontros? Não que eu tenha algum tipo de preconceito a flor (hahaha) é dela e ela faz o que quiser mais não sei se consigo assimilar tudo isso de bagagem.
    Enfim adorei o post e até dezembro estou por aqui para acompanhar a saga dela e decidir se leio ou não u.u
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  29. Olá,

    Sabe aquela pessoa que está "de lado" no playground? É como estou me sentindo em relação a essa série, vejo inúmeros comentários, alguns positivos outros nem tanto, e minha curiosidade só aumenta. Espero ler o mais breve possível e espero gostar também :)

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir