| RESENHA #83 | AS MENTIRAS DE LOCKE LAMORA, SCOTT LYNCH

terça-feira, setembro 20, 2016
 ISBN-10: 8580412498
 Título: As mentiras de Locke Lamora
 Autor: Scott Lynch
 Ano: 2014 
 Páginas: 464
 Idioma: português 
 Editora: Arqueiro
 Livro cedido em parceria com a editora.
Sinopse: O Espinho é uma figura lendária: um espadachim imbatível, um especialista em roubos vultosos, um fantasma que atravessa paredes. Metade da excêntrica cidade de Camorr acredita que ele seja um defensor dos pobres, enquanto o restante o considera apenas uma invencionice ridícula. Franzino, azarado no amor e sem nenhuma habilidade com a espada, Locke Lamora é o homem por trás do fabuloso Espinho, cujas façanhas alcançaram uma fama indesejada. Ele de fato rouba dos ricos (de quem mais valeria a pena roubar?), mas os pobres não veem nem a cor do dinheiro conquistado com os golpes, que vai todo para os bolsos de Locke e de seus comparsas: os Nobres Vigaristas. O único lar do astuto grupo é o submundo da antiquíssima Camorr, que começa a ser assolado por um misterioso assassino com poder de superar até mesmo o Espinho. Matando líderes de gangues, ele instaura uma guerra clandestina e ameaça mergulhar a cidade em um banho de sangue. Preso em uma armadilha sinistra, Locke e seus amigos terão sua lealdade e inteligência testadas ao máximo e precisarão lutar para sobreviver.
Desde que vi a premissa desse livro, não teve como não ficar instigada a ler. Recentemente li um conto do Scott Lynch e fiquei apaixonada pelo seu estilo de escrita. Ao ler As mentiras de Locke Lamora, eu atestei que preciso consumir tudo o que há de publicado do autor. 

Locke Lamora é o homem por trás do fabuloso Espinho, cujas façanhas alcançaram uma fama indesejada. Ele de fato rouba dos ricos (de quem mais valeria a pena roubar?), mas os pobres não veem nem a cor do dinheiro conquistado com os golpes, que vai todo para os bolsos de Locke e de seus comparsas: os Nobres Vigaristas. O único lar do astuto grupo é o submundo da antiquíssima Camorr, que começa a ser assolado por um misterioso assassino com poder de superar até mesmo o Espinho. Matando líderes de gangues, ele instaura uma guerra clandestina e ameaça mergulhar a cidade em um banho de sangue. Preso em uma armadilha sinistra, Locke e seus amigos terão sua lealdade e inteligência testadas ao máximo e precisarão lutar para sobreviver.

Narrado em 3ª pessoa com uma linguagem mais densa, conhecemos então a história de Locke. Uma das coisas que eu mais gostei do livro, é sua ambientação, os personagens e a escrita deliciosa que Scott Lynch possui. Apesar do começo um pouco lento, o andamento da história me satisfez muito, a ponto de ler o livro em poucos dias. 


“— Algum dia, Locke Lamora, algum dia você vai fazer uma cagada tão gigantesca, tão ambiciosa, tão avassaladora, que o céu vai se ascender, as luas vão girar e os próprios deuses vão fazer chover cometas de tanta alegria. Só espero ainda estar por perto para assistir.”

Eu sempre gostei de personagens anti heróis em histórias ficcionais, fantasias e histórias aventureiras. A construção do personagem principal foi incrível e fiquei extasiada com os pensamentos, ambições e desenvolvimento de Locke Lamora durante a trama. É claro que isso se dá devido ao autor ser um escritor de RPG, quem já jogou ou sabe como funciona, entende que é preciso muita descrição. E o que não falta em "As mentiras de Locke Lamora" é descrições ricas e eu sempre me lembrava de uma "Veneza medieval e renascentista" como li em uma outra resenha do livro. Era essa a sensação, de estar em aqueles filmes com ladrões medievais e tudo mais. Foi incrível.

No entanto, o que mais me incomodou foi a alternância entre presente e o passado, eu estava tão interessada no presente, que o passado ficou meio tanto faz para mim, mas depois quando percebi as co-relações com o presente, fiquei mais atenta e no final das contas, o incomodo não foi tão grande assim.

Adorei como desenvolveram o plot principal, com a chegada do Rei Cinza, os elementos de fantasia que não passam do ponto, a relação entre os Nobres Vigaristas, que foi muito interessante de acompanhar, ou seja, tudo o que aconteceu na história foi muito bem construído e desenvolvido, então apesar do começo mais lento e de uma narrativa mais arrastada, vale muito a pena ler esse livro, visto que há um genialidade escondida em suas páginas.

Se você procura uma fantasia bem elaboradora, um personagem principal cativante e inteligente, bons personagens secundários, história bem desenvolvida, esse é o livro feito para você. As Mentiras de Locke Lamora marca o inicio de uma série que tem tudo para ser genial. Não vejo a hora de continuar a ler.

24 comentários:

  1. Olá
    Eu já li esse livro e gostei bastante da narrativa, especialmente por conta da fantasia, que é mesmo bem elaborada. A alternância entre passado e presente também me incomodou um pouco, confesso. Gostei bastante de ler sua resenha por ter me identificado bastante com suas impressões.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Nossa, já faz um tempinho que não leio uma fantasia, fiquei muito na onda de Y.A rsrs. Agora me diga uma cosia? Quem não gosta de um Anti Herói ? Jkkkkk porque eu ano de mais. Esse livro sempre é bem comentado e meu primo fala horrores sobre o mesmo. Tenho um pouco de medo de começar a leitura pois acho ele bem gorduchinho rsrs. Mas vou tentar ler ele esse ano. Adorei a resenha. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não conhecia o livro. Quando comecei a ler a resenha pensei que fosse uma coisa meio Robin Wood (ou Hood, nunca sei o certo hahaha), mas vi que não é bem assim. Também curto anti-heróis, mas não fiquei particularmente interessada nesse livro em questão.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Eu não conhecia o livro nem o autor, mas adoro fantasia e esse me pareceu diferente. Gosto de anti heróis, eles sempre me agradam, rsrs. Também, quem não gosta???
    Normalmente eu gosto de histórias que se alternam entre passado e presente, mas o autor tem que saber fazer isso.
    Gostei da sua resenha e da indicação. A única questão é ser uma série e termos que esperar o próximo sair...
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Lendo sua resenha a história perece ser bem legal e prender o leitor. Mas fiquei com o pé atrás pois o jeito que o autor escreveu a sinopse me deixou meio cabreira. Acho que não ria gostar da forma que ele escreve. Fiquei na dúvida se quero ler ou não.
    Sua resenha está maravilhosa e vou procurar saber mais sobre o livro.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  6. Já tinha ouvido falar do livro, mas nem imaginava que era esse o enredo. Um estranho tipo de Hobin Hood, mas sem contemplar os fracos e oprimidos. Fiquei interessada pela escrita do auot, que você elogiou e pelo desenvolvimento d história, que deve ser ótimo.
    Valeu pela dica!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá! Só conhecia o livro pelo nome, agora que sei do que se trata, acho que vou curtir bastante, faz muito tempo que não leio fantasia. AMO jogar RPGs, mais um motivo pra adicionar na minha lista de compras, ótima resenha!
    Beijos

    Luana do lovereadmybooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Olá Anne,
    Quantos elogios para uma única obra, hein?
    Ainda não tinha ouvido falar do livro, mas achei a premissa bem interessante. Bate aqui você que gosta de anti heróis o/
    Confesso que o que mais chamou minha atenção nessa obra foi saber que o personagem é inteligente. Eu adoro isso em livros, sabe? Outro ponto interessante foi saber que ele não ajuda os pobres, pois acho que é, exatamente isso, que muitos esperam.
    Vou anotar a dica, com certeza!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Heey, tudo bem? Nossa, depois da sua resenha - que ficou maravilhosa - sinto que PRECISO ler esse livro, e olha que nem sou tão fã do gênero. Só o fato de possuir personagens cativantes já me deixa curiosa. Parece ser mesmo um livro bem elaborado e interessante. Já coloquei na listinha!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Eu também adoro personagens anti-herois rsrs As descrição rica em detalhes, sem exageros acredito que contribui perfeitamente para colocar o leitor dentro do enredo. Lendo sua resenha dá vontade correr para ler o livro porque parece fascinante. Não sei no caso desse livro, mas geralmente essas alternâncias faz crescer ainda mais minha expectativa e, no fim, pareceu fazer sentido pra vc. Simplesmente adorei a resenha e o livro vai pra minha lista.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  11. ão li este livro ainda, mas tenho boas expectativas em relação a ele. Gosto de livros de fantasia, ainda mais quando ~soa bem elaborados e com personagens inteligentes e consistentes
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Eu preciso ler essa série, pois tenho várias indicações sobre a fantasia, mas ainda não tive a oportunidade. Acredito que vou gostar, pois é uma premissa que mee chamou a atenção e fiquei curiosa para conferir.

    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  13. Foi ótimo ler sua resenha, flor! Eu tinha esquecido dessa obra, que já marquei como desejada há bastante tempo. Ler sua opinião me faz perceber que vou adorar essa aventura, especialmente porque adoro enredos bem elaborados com protagonistas "anti-heróis". :) Preciso me organizar para essa leitura.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Não conhecia esse livro ainda, mas adorei conhecer. A capa é super legal e sua resenha chamou minha atenção.
    Sou uma grande fã de fantasia, então acho que posso gostar bastante desse livro. Já tem outros volumes? Não gosto muito de ficar esperando continuações, hahahha, sofro muito :3
    Beijooooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. olá. :D
    eu lembro de ter visto esse título numa promoção numa banca de revistas mas estava sem grana ano dia e acabei não comprando :(
    tbm curto anti-heróis e só em saber que as descrições são daquelas que fazem a gente adentrar na história, a vontade de ler só aumentou... cara, RPG é <3
    joguei muito na adolescência, e não sabia que o autor escrevia RPG...
    bjs :D

    ResponderExcluir
  16. Ainda não conhecia a obra e gostei muito do que a sua resenha expôs. O fato da descrição ser tão detalhada, nos coloca dentro da ambientação do livro com mais facilidade, o que envolve por completo quem está lendo, gosto dessa dinâmica, o cenário fica quase palpável. Eu gosto disso.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  17. Oi Anne,
    Eu sou doida pra ler as histórias do Locke desde a primeira resenha que vi.
    Acho que não terei problemas com a alternância temporal que você citou, pois isso nunca foi algo que tenha me incomodado na leitura e a premissa do livro me atrai muito por isso acredito que eu me deleitaria nessa leitura.
    Beijooos
    Conversas de Alcova ♥

    ResponderExcluir
  18. Eu já vi esse livro em algum lugar, mas não parei pra saber do que se tratava ou qualquer opinião a respeito. Lendo aqui o plot, eu gostei bastante, é bem dentro do tipo de leitura que gosto de fazer. O fato do escritor ser jogador de RPG me aguçou e muito a curiosidade, pois eu também sou. Amei tudo que você descreveu sobre o livro, não direi que irei lê-lo já, mas entrou pra imensa lista.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  19. Oiee ^^
    Eu também gosto bastante de personagens anti-heróis, principalmente quando eles aprontam desse jeito...haha' já tinha visto a capa deste livro antes, mas não me lembro da história, então acho que nem cheguei a ler a sinopse. Fico feliz em saber que, apesar de um tanto lento, o livro te agradou. Eu não sou muito fã de fantasia, mas fiquei curiosa.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Menina, eu não conhecia esse livro... Nem de nome. Gostei da premissa, mesmo, mas, esse seria meu estilo de filmes e não de livros. Sua resenha tá ótima e as sua dificuldades com mudança de tempo também me assolam, rs.
    Mas, elas são necessárias as vezes.
    Bjs
    Tay

    ResponderExcluir
  21. Oi Anelise,
    Agora vai! Rs
    Gostei da sua resenha, achei a premissa do livro com o anti-herói bem interessante. Ele me lembrou um pouco a ideia do Robin Hood, ou estou enganada? Eu ainda não li nenhum livro do Scott Lynch, e faz um bom tempo que não leio nada que não seja romance ou fantasia. Vou dar uma chance para essa obra, obrigada pela dica!
    Abraços

    ResponderExcluir
  22. Olá, Anelise! Este livro parece ser mesmo interessante! A sinopse já nos deixa curiosa e a sua resenha complementa isso! É tão bom quando o estilo de escrita de um autor nos conquista, não é? Quando a leitura é repleta de boas descrições, mais ainda! Vou torcer para que venham os próximos e acompanharei as suas impressões! ;)

    Bjs,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Olá Ane, tudo bem?

    Não conhecia esta obra e, após ler sua resenha (que por sinal ficou excelente), sinto como ja tivesse lido e amado As mentiras de Locke Lamora.

    Opiniões sinceras e tantos elogios sempre dão aquele gostinho de curiosidade. Vou anotar a dica para, assim que tiver oportunidade, poder conferir de perto esta grande obra!

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem?
    Para ser sincera eu não sou muito chegada em fantasias, mas esse livro chamou minha atenção pelo enredo e por começar uma série. Eu estou em busca de um livro que me prenda e acredito que esse cumpriria o esperado, fico feliz em ver sua resenha e saber que você gostou do livro. Com certeza lerei uma hora dessas.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.