| RESENHA #67 | NOVE REGRAS A IGNORAR ANTES DE SE APAIXONAR, SARAH MACLEAN | OS NÚMEROS DO AMOR #1

 ISBN-10: 8580415047
 Série: Os números do amor #1
 Título: Nove Regras a ignorar antes de se  apaixonar
 Autora: Sarah MacLean
 Ano: 2016 
 Páginas: 384
 Idioma: português 
 Editora: Arqueiro
 Gênero: Romance de época
 Livro cedido em parceria com a editora.

Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente
Classificação: 5/5 -

É sempre muito difícil falar sobre um livro que te encanta muito. Desde que vi o lançamento de "Nove Regras a ignorar antes de se apaixonar" da autora Sarah MacLean, eu pressentia que eu amaria o livro de todos os jeitos. Alguma coisa em mim apontava que eu iria me perder na história contada. E não é que realmente aconteceu isso? 

Calpúrnia Hartwell é uma mulher de 28 anos que nunca fez nada de diferente, que sempre cumpriu com o papel que a sociedade esperou dela, exceto o fato dela nunca ter arrumado um marido e continuar solteirona. Callie, como gosta de ser chamada, é uma romântica incurável e leitora de romances, que acredita no amor, no casamento e em seus sonhos. Acontece, que nossa protagonista sempre fora apaixonada pelo Gabriel St. John, o marquês de Ralston, um homem lindo, interessante, mas que tinha fama de libertino e de fazer coisas muito peculiares com outras mulheres. 

O Marquês de Ralston possui um irmão Gêmeo, Nick, e perderam sua família muito novos, pois sua mãe abandonou seu pai e o mesmo morreu de tristeza. O que eles não sabiam, é que sua mãe havia constituído outra família e abandonado a mesma também, deixando-lhes uma irmã, a Juliana, uma moça italiana que procurou os irmãos, já que eles são a única família que lhe restou. Juliana precisa ser apresentada e inserida na sociedade londrina, e Gabriel precisa da ajuda de uma pessoa que tenha a reputação impecável. Por uma obra do destino (nem tão destino assim), Callie se vê frente a frente com Gabriel e, depois de um momento dos dois, ela se torna mentora de Juliana

A partir daqui é só amor e amor e amor. Portanto, toda a resenha NÃO terá spoilers. Mas adianto que o romance construído pela Sarah MacLean é simplesmente maravilhoso e encantador. Todo o desenvolvimento entre a cumplicidade e amor de Gabriel e Callie é simplesmente fantástico e original.

"O amor não é unilateral e egoísta. É pleno e generoso, e modifica a vida da melhor maneira possível. O amor não destrói, Gabriel. Ele cria."

A narrativa de Sarah é bem leve e fluida, toda a construção de roteiro e de personagens é muito bem feita, o que me deixou muito satisfeita. Em nenhum momento a autora atropelou os acontecimentos ou forçou situações inexplicáveis apenas para dar andamento a história. Tudo é coerente, encantador, persuasivo e apaixonante.  Romances de época tendem a ser mais clichês, mas confesso ter achado "Nove Regras a ignorar antes de se apaixonar" bem inovador, principalmente no feminismo apresentado.

Os personagens são um show a parte. Eu amei a Callie do começo ao fim. Toda sua bondade, determinação, sua aspiração de ser diferente, de fazer as coisas por ela mesma, sua paixão e sua lealdade. Gabriel também é um personagem apaixonante. Desde o primeiro momento que conheci o personagem, me encantei e me deliciei com seus pensamentos. Achei pertinente a autora explorar a sexualidade da Callie antes de se casar, o que realmente fugiu de alguns outros romances de época. 

Os personagens secundários são bem divertidos, mas não são tão desenvolvidos, já que eu acredito serem protagonistas dos próximos livros da série "Os números do amor", mas ainda assim achei interessante as deixas que a autora deixou sobre eles.

Em suma, o livro é excelente e bem escrito. Não encontrei nenhum erro de revisão e todo o texto está perfeitamente traduzido. A história é bem contada e teve um final digno e coerente com tudo o que a autora propôs. Um romance irreverente, a frente do seu tempo, com personagens carismáticos e uma protagonista empoderada. Não tem como não amar essa obra. 


18 comentários

  1. Olá
    Eu já conheço a escrita da autora, e sei que a narrativa dela é mesmo bem leve. E morro de vontade de conferir esse enredo, especialmente porque já li vários comentários positivos a respeito. Sua resenha também só me motiva a querer ler o quanto antes possível. Tenho muita curiosidade sobre os personagens e seu desenvolvimento. Fico feliz que você tenha curtido tanto essa leitura, ao ponto de favoritá-la ♥
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Eu sou mega apaixonada por esse livro. É o melhor romance de época que eu já li (que meus outros livros não me vejam escrevendo isso kkkk) e estou super ansiosa pelos próximos volumes Gostei muito de ver uma resenha sobre ele e de saber que a história te ganhou também.

    ResponderExcluir
  3. Morro trabalhada na curiosidade para ler este livro, em função de tantos elogios e indicações que já vi. Curti bastante a premissa e acho que irei me encantar também. Uma coisa que eu não sabia, era que era uma série, mas isso não me desanima, porque realmente, sua resenha me conquistou.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá amoreca, embora a capa do livro e a resenha tenham me instigado um pouquinho, não curto romance de época... tenho uma certa trava para o gênero, pode ser que algum dia eu mude de opinião, mas até então...
    Já vi alguns comentários sobre a obra, ainda sim, não me chama muito a atenção não!

    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Anne,
    Até hoje procuro uma opinião negativa sobre esse livro e não encontro! Adorei, adorei sua resenha, ela está perfeita em todos os sentidos. Gostei muito de saber que a Callie é uma romântica incurável, somos parecidas nesse quesito. Também gostei de saber que a narrativa da autora é leve e fluída. Enfim, esse livro só parece ter coisas boas e me pergunto porque ainda não o li rs.
    Beijão.
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu já li um outro livro da autora e adorei a escrita dela, é bem leve e fluida mesmo.
    Gosto muito de romances de época, então esse é um livro que quero muito ler!
    Gostei de saber que o livro se mostrou inovador e com um viés feminista. Os personagens parecem ser carismáticos e fiquei curiosa sobre o desenrolar da relação do casal protagonista.
    Adorei sua resenha e espero iniciar essa série em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Resenha linda!
    Eu amo romances de época. Essa parte da Callie como mentora da menina me fez pensar em Emma.
    Adorei! Fiquei morrendo e vontade de ler. E que bom é quando a gente tem nossas expectativas alcançadas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Acredita que até hoje não li nenhum romance histórico? Sim, é uma vergonha! Kkkkk....
    Achei a premissa do livro muito interessante , então, acho que irei dar chance á ele.
    Sempre vejo comentários bons sobre ele ;)

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Então, nunca li nada do gênero, porque tenho um certo medo, mas depois da sua resenha, é sério, quero esse livro pra já. Você falou dele com tanta paixão que estou me perguntando como é que nunca havia ouvida nada dele. Adorei a sua resenha, e dica anotada haha

    ResponderExcluir
  10. Eu ganhei esse livro em um evento e estou doida para ler. Nunca li nada da autora e tenho bastante curiosidade, já que até hoje não li nenhuma resenha negativa sobre esse livro e também por eu amar o gênero.
    Eu acho engraçado que as mulheres acima dos 25 já são consideradas solteironas nos romances de época! Se eu vivesse nessa época eu estava lascada! hahahahaha
    Eu estou louca para conhecer a Calpúrnia, adoro personagens espirituosas e acho que vou me dar muito bem com ela.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Nunca li um livro em que o gênero é o romance de época, mas também não tenho muita curiosidade para ler algo do tipo.
    Esse livro e essa autora eu não conhecia, mas por enquanto passo a dica.
    Acho bem legal essa força que as personagens tem, principalmente as femininas - ainda mais para a época em que o livro se passa.
    Que bom que curtiu a leitura!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?

    Particularmente amo romances de época, e este, em especial, me deixou com um gostinho de curiosidade, pela parte que você caracteriza Callie como bondosa, determinada, leal.

    Creio que estamos precisando mais dessas "condutas retrô", com essa pegada em costumes pretéritos.

    Gostei muito desta obra, e a capa me lembrou muito a coleção da Julia Quinn.

    Parabéns pela resenha! Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Este livro é fofo demais e li muito com as loucuras da Callie, deixando Gabriel doido kkkk
    Sarah realmente mandou muito bem em explorar a sexualidade dela antes do casamento.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Eu já li esse livro e adorei a narrativa, foi o primeiro que li da autora, e fiquei encantada com o que encontrei. Confesso que estou bem curiosa com os próximos livros que ainda serão publicados da autora.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  15. Oi, flor.

    Eu sou apaixonada por romances de época e não podia deixar de conferir a leitura desse livro. Eu amei demais a história, os protagonistas e tudo que foi criado. Concordo com vc que a leitura é bem fluida e a autora escreve muito bem. Estou louca para ler outros livros da autora e também de outras nessa mesma temática.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Adoro romances de época, mas nunca li este. Parece ser mesmo uma leitura muito leve e agradável. Já li inúmeras resenhas positivas sobre essa obra, repletas de elogios à escrita da autora e, claro, tenho muita vontade de dar uma conferida, embora a minha lista já esteja imensa.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não entrei nessa onda de romances de época, mas vi esse livro é fiquei encantada, então li e me apaixonei kkkkk Gente, eu ri muito, fiquei apreensiva e as partes mais hots da história estavam ótimas. Alem disso, a Callie é uma personagem incrível, gostei dela desde o início. Enfim, não vejo a hora de ler o próximo volume kkk

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  18. Oi, como está?
    Incrível essa resenha e esse livro parece ainda mais impressionante! Claro que de romance de época li bem pouco, incluindo dois de uma mesma autora que são nada menos que fantásticos, então não posso comparar porque seria injusto fazer comparação sem ler.
    No mais, quero um bocado ler esse exemplar!

    ResponderExcluir