Inventei você?, Francesca Zappia

Inventei você?
Sinopse: Alex está no último ano do ensino médio e trava uma batalha diária para diferenciar realidade de ilusão. Armada com uma atitude implacável, sua máquina fotográfica, uma Bola 8 Mágica e sua única aliada — a irmã mais nova —, ela declara guerra contra sua esquizofrenia, determinada a permanecer sã o suficiente para entrar na faculdade. E Alex está bem otimista com suas chances, até se deparar com Miles. Será mesmo aquele garoto de olhos azuis com quem ela compartilhou um momento marcante no passado? Mas ele não tinha sido produto da sua imaginação? Antes que possa perceber, Alex está fazendo amigos, indo a festas, se apaixonando e experimentando todos os ritos de passagem tipicamente adolescentes. O problema é que ela não está preparada para ser normal. Engraçado, provocativo e emocionante, com sua protagonista nada confiável, Inventei você? vai fazer os leitores virarem as páginas alucinadamente, tentando decifrar o que é real e o que é invenção de Alex.

Inventei você? é o livro de estreia da autora Francesca Zappia, lançado aqui no Brasil pela editora Verus. Uma das minhas metas para 2017 é buscar por livros com temáticas variadas, então este livro foi um grande e empolgante achado para mim. Desde o seu lançamento lá fora estive ansiosa para devorar essa história que não só parece como é realmente incrível.

Narrado em primeira pessoa, somos apresentados ao universo da Alex. Este livro poderia ser só mais um Young Adult comum, que nos leva a conhecer o cotidiano de uma adolescente com problemas razoavelmente normais, porém não se engane. Alex é portadora de esquizofrenia, uma doença mental que altera completamente o seu funcionamento. Ela nunca sabe o que realmente é real ou quando sua mente está somente lhe pregando peças.

Porém, Alex resolve declarar guerra a esquizofrenia e viver uma vida beirando o mais perto possível do normal para outras garotas da sua idade. Ela pretende fazer novos amigos, ir para festas e aproveitar da maneira que puder tudo de bom que o Ensino Médio lhe tem a oferecer. E ela consegue. Não só isso, como também reencontra quem ela considerava o seu primeiro amigo de infância.

Como já disse, Alex nunca sabe realmente o que é real ou o que é somente mais uma invenção da sua mente. Assim, ela até então não acreditava que seu primeiro amigo de infância era real. Até que, na escola, ela se depara com um garoto com os mesmos olhos incrivelmente azuis do que o menininho que ela amigavelmente se aproximou no mercado ainda na sua infância e que lhe marcou muito. Agora ela precisa travar uma batalha contra si mesma, para saber se é realmente ele ou se sua esquizofrenia mais uma vez está tirando sarro de sua cara. E, ainda, não deixar que ninguém suspeite de sua condição.

Apesar do livro trazer uma personagem esquizofrênica a história não se desenrola somente em cima desta questão. Em alguns momentos, são trazidas algumas questões misteriosas relacionadas a escola de Alex, que ela mergulha completamente a fim de decifrar, conseguindo assim deixar um pouco de lado toda a sua batalha diária e sentir-se uma adolescente normal e curiosa.

De maneira geral, o livro me cativou muito! Confesso que demorei um pouco para engrenar na leitura, porém depois que consegui devorei o livro em poucos dias. A autora conseguiu desenvolver personagens secundários incríveis e extremamente interessantes. Além disso, o fato dela ter trazido um pouco de História para dentro do seu livro me deixou com uma sensação de quentinho dentro do coração.

Por ser narrado em primeira pessoa, me peguei tentando diferenciar o tempo inteiro o que era real e o que era ilusão, assim, eu realmente senti que estava mergulhando na mente dessa adolescente. Para mim, tornou-se ainda mais empática o estilo de narração escolhida pela autora. Sem dúvidas, terminei esta leitura com uma visão completamente diferente de quando a iniciei – e no bom sentido. Enfim, o recomendo para todos que têm interesse em mergulhar na mente humana e assim como a Alex precisa enfrentar seus demônios internos diariamente. 

FICHA TÉCNICA:
ISBN-10: 857686424X
 Título: Inventei você?
 Autora: Francesca Zappia
 Ano: 2017
 Páginas: 346
 Idioma: Português
 Editora: Verus

15 comentários

  1. OLa Mari gostei do tema proposto pelo livro, fiquei curiosa em saber como a protagonista vai lidar com essa questão. Por se tratar de livros de adolescentes entendo toda a intensidade dos fatos. Amei essa capa. Recebi esse livro pretendo ler em breve. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  2. Olá, amei sua resenha, foi a primeira que li do livro e já me fez colocá-lo na lista de desejados. Acho que ainda não li um livro com uma personagem que tenha o mesmo problema da Alex, deve ser interessante saber mais sobre a esquizofrenia através dela.

    ResponderExcluir
  3. Eu li um livro parecido com este e sei como é quando a gente não entende quando é real ou imaginário, mas eu gostei bastante. Quero ler este livro para ver a versão da questão da esquizofrenia, porque é algo bastante complicado. Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  4. Acho a capa deste livro maravilhosa e fiquei curiosa com a observação que você fez de ler a narrativa em primeira pessoa e tentar diferenciar o real do irreal. Acho que tentarei isso na próxima leitura que eu fizer.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Desde que a editora lançou essa obra eu estou bastante ansiosa para realizar essa leitura. A premissa é muito interessante e é exatamente o tipo de leitura que curto. Sua resenha me animou ainda mais a ler <3
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Parece ser uma leitura e tanto, daquelas de tirar lágrimas, cheia de lutas e superação.
    Não conhecia o livro, mas tenho certeza de que a mim também cativaria.
    Dica anotada.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/





    ResponderExcluir
  7. Olá, como vai?
    Primeiramente, preciso dizer que sua resenha está linda, simplesmente cativante. Eu não conhecia a obra, mas fiquei verdadeiramente entusiasmada para conhecer melhor a história de Alex. Adorei a dica, e já adicionei na listinha de desejados.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bom?
    Adorei a resenha! A capa desse livro sempre me deixa curiosa, mas nunca vi nada sobre ele. Saber que a protagonista sofre desse disturbio me cativou, quero muito ler pra tentar entender mais a mente dela, e conferir sua história!

    ResponderExcluir
  9. Oie!

    Minha amiga me deu esse livro de aniversário, ele está aqui na minha estante esperando a hora certa de realizar a leitura dele, eu amei demais a proposta da obra e espero quando a ler gostar bastante da história criada pela autora!

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bom?
    Nunca li um livro onde a personagem tem esquizofrenia e esse chamou muito minha atenção pela narrativa que faz com que o leitor se sinta como a personagem e fique se questionando o que é real e o que não é, como aconteceu com você. Mal posso esperar para ler esse livro, sugestão mais que anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi.
    Eu gosto de livros que não consigo diferenciar o que é realidade do que é algo criado pela mente do do personagem. Acho legal a confusão que isso causa.
    É um tema interessante, que traz uma abordagem diferente, por isso pretendo conferir a obra.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Hey,
    Ainda não li esse livro, mas sou encantada pela premissa desse livro e fiquei muito contente por você ter curtido a leitura de um modo geral, mas entendo essa confusão que você sentiu, pois imagino que vá me sentir da mesma forma. Só associo isso a algo que a autora tenha tentado passar.
    Espero ler em breve.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  13. Oiii!
    Não conhecia esse livro ainda e fiquei bem interessada nessa leitura. Nunca li nada que tinha um personagem com esquizofrenia, por esse motivo meu interesse pelo livro aumentou em muito. acredito que você não saber se é real ou imaginação, depois de um tempo vc acaba acostumando. Gostei muito da ideia da autora e vou querer ler sim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Parece uma delícia de leitura <3 nunca li nada sobre o tema, e penso que isto combinado à uma adolescente com problemas e situações de adolescente também, seja bastante envolvente. O fato de ser um livro que nos permite mergulhar na mente humana, claro, só aumentou minha curiosidade. Já quero.

    ResponderExcluir
  15. Oi Marilena! Tudo bem?
    Primeiramente, que excelente texto!
    Segundo, eu sou uma apaixonada por História!
    Terceiro, que proposta interessante a desse livro! Nunca tinha visto nada parecida e olha que sou a rainha de gostar de coisas diferentes.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir