| RESENHA #181 | JARDINS DA LUA, STEVEN ERIKSON (O Livro Malazano dos Caídos #1)

ISBN-10: 8580416825
O Livro Malazano dos Caídos # 1
Título: Jardins da Lua
Autor: Steven Erikson
Ano: 2017
Páginas: 608
Idioma: português 
Editora: Arqueiro
Livro cedido em parceria com a editora.

Sinopse: Desde pequeno, Ganoes Paran decidiu trocar os privilégios da nobreza malazana por uma vida a serviço do exército imperial. O que o jovem capitão não sabia, porém, era que seu destino acabaria entrelaçado aos desígnios dos deuses, e que ele seria praticamente arremessado ao centro de um dos maiores conflitos que o Império Malazano já tinha visto. Paran é enviado a Darujhistan, a última entre as Cidades Livres de ­Genabackis, onde deve assumir o comando dos Queimadores de Pontes, um lendário esquadrão de elite. O local ainda resiste à ocupação malazana e é a joia cobiçada pela imperatriz Laseen, que não está disposta a estancar o derramamento de sangue enquanto não conquistá-lo. Porém, em pouco tempo fica claro que essa não será uma campanha militar comum: na Cidade do Fogo Azul não está em jogo apenas o futuro do Império Malazano, mas estão envolvidos também deuses ancestrais, criaturas das sombras e uma magia de poder inimaginável. Em Jardins da lua, Steven Erikson nos apresenta um universo com­plexo de cenários estonteantes e ações vertiginosas que mostram por que esta é considerada uma das maiores sagas épicas.
Classificação: 4/5

Que o meu gênero favorito é fantasia, todo mundo sabe. Que eu parei de ler fantasias porque estava enjoada, também. No entanto, ao ser apresentada ao lançamento da editora Arqueiro, Jardins da Lua, do autor Steven Erikson, fiquei completamente interessada em conhecer profundamente a obra. Até porque logo de cara havia achado bonita a capa e a premissa me fez crer que a história tinha uma complexidade que está em falta em fantasias atuais. 

Jardins da Lua é o primeiro livro da série O Livro Malazano dos Caídos, publicado originalmente em 1999. Aqui acompanhamos a busca pelo poder do Império Malazano, que ficou intensa depois que o Imperador Kellanwed foi assassinado pela comandante de uma organização secreta, a Laseen, o que acabou ocasionando uma traição e dando o cargo de Imperatriz do continente. Ganoes Paran abdicou de uma vida privilegiada para viver por uma vida a serviço do exército imperial, no entanto, ele mal sabia que o destino havia reservado e ele acaba indo parar no meio de um dos maiores conflitos do Império. 

É muito difícil falar sobre esse livro, pois ele é sim de uma complexidade que poucos autores conseguem dar em uma fantasia, principalmente porque o livro não é pedante e não é maçante. No entanto, na obra de Eriksen, o leitor precisa ter seu sentido apurado e muita paciência para acompanhar a história contada no livro.

Uma coisa excepcional nessa história, foi a construção dos personagens, suas apresentações ao leitor e principalmente o desenvolvimento de cada um dentro da história. Independente se era coadjuvante, secundário ou principal, eles são ricos de uma forma que sustenta a história e faz o leitor se interessar por eles. O autor conseguiu conduzir uma história intensa e complexa de forma que pudéssemos compreender os motivos dos personagens e comprássemos a briga.

O protagonista percorre a típica jornada do herói, mas isso não deixa a história um clichê, pelo contrário, agrega e faz jus ao propósito do herói que tentou fugir de seu destino, mas acabou tendo que fazer o que nasceu destinado a fazer. Gostei bastante do plot central e de como foi desenvolvido. A busca pelo poder, a guerra entre "nações", tudo isso foi deveras interessante.

Em suma, o livro superou minhas expectativas e a única coisa que me fez tirar um estrela, foi porque achei complexo demais em alguns momentos que não exigiam tal complexidade. Com isso, a leitura se tornou um pouco mais demorada que o normal. No entanto, no conjunto total da obra, foi uma leitura muito diferenciada e que com certeza agregou no meu histórico como leitora. Eu absolutamente quero continuar a ler a série.

Vocês já leram Jardins da lua ou possuem interesse em ler? Me digam nos comentários.


14 comentários

  1. Boa tarde Anelise,

    Creio que esse seja o meu gênero favorito também, estou no inicio da leitura e estou gostando demais, mas concordo com você é um livro intenso e complexo, mas daria 5 estrelas assim mesmo, o autor foi ousado....bjs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Gosto muito de fantasia, no entanto não leio tantas quanto gostaria. Normalmente, leio fantasias mais urbanas e/ou com uma pegada sobrenatural. Mesmo você falando bem do livro, ele não me chamou muito a atenção, não gosto de narrativas complexas, elas sempre me fazem empacar com a leitura.

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Fantasia também é o meu gênero favorito, sem dúvida. E fico sempre a procura de novidades e fiquei bem curiosa quanto a esse titulo. E claro que adorei poder conferir suas impressões a respeito. Que bom que a leitura superou suas expectativas.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  4. Olá!! :)

    Eu já conhecia este livro e tinha alguma curiosidade sobre ele, ate porque adoro o género também!

    Enfim, realmente e pena que o autor complique certas partes que de si não exigem tanto... Espero ler!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Infelizmente vou ter que deixar a dica passar, eu não gosto muito de fantasia, eu sempre não consigo entrar no mundo que o autor cria e fico perdido, por isso não faço a leitura de livros do gêneros, porque sinto que estou perdendo meu tempo tentando ler algo que não está me dando prazer, só me deixando confuso kkkkk, mas irei passar a dica para amigos! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Então, eu sou uma amante de fantasia (não é meu gênero favorito, mas gosto muito) e apesar de não ser todas as categorias que me conquistam, livros com essa premissa até que me satisfaz. Porém não sei se leria por causa, justamente, da complexidade que você citou. Não que eu não goste, mas o tema não me prende. Sou mais da fantasia com romance, logo que romance é meu gênero favorito... ;)
    Enfim, que bom que o livro te agradou e superou suas expectativas, e sua resenha ficou muito boa! Gostei.
    Bjs e até mais!!!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie! Tudo bem?

    Foi um livro que me chamou a atenção, mas quando vi a quantidade de páginas dele corri, não estou com tempo para livros tão grandes, mas futuramente quero dar uma chance para a história e espero gostar dela!

    BJss

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Infelizmente, não gosto tanto de fantasia, mas o livro parece agradar quem gosta do gênero. Bom saber que todos os personagens são bem construídos e o leitor consegue se interessar por eles, são raros livros com esse ponto forte e que ótimo que o livro superou suas expectativas.
    Adorei a resenha!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  9. Ao contrário de você, fantasia é o gênero que menos curto. Gosto de histórias reais, que podem acontecer com a gente, mas às vezes leio algumas fantasias.
    Que bom que apesar da complexidade da história ela não é maçante, é difícil disso acontecer.
    Fico contente por ele ter superado suas expectativas. ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi.
    Fantasia também é meu gênero favorito, e, como você, tenho lido pouco, principalmente porque são livros que eu normalmente não consigo parar de ler, e, no momento, não posso embarcar em leituras assim porque tenho que estudar. Então tenho optado por romances bem água com açúcar, que servem bem como distração, mas que eu consigo parar de ler quando quiser.
    Adorei a resenha e anotei a dica para leitura futura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olha eu também estou na Vibe de ler livros de Fantasias, porque normalmente leio muito Romance, porém a premissa desse livro não me agradou, porque como tu disse é bem complexo e eu gosto de histórias que são mais leves e mais fluidas sem ter muitos detalhes sabe? Mais mesmo assim a história pode interessar outras pessoas que gostam do genero. Quem sabe eu ainda venha a ler para conhecer, porém acredito que não seja o momento para mim (risos)

    Adorei a maneira que abordou sua resenha e dos pontos que citou sobre os personagens que pra mim é o que mais levo em conta em uma história fantástica. =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2017/04/resenha-ninho-de-fogo-mestica.html

    ResponderExcluir
  12. Oiii!!!
    Não conhecia esse livro ainda. Eu também gosto bastante de livros de fantasia, mas para não ficar cansativo, eu acabo intercalando histórias diferentes, por que realmente, pode chegar uma hora que da uma cansada mesmo. Parece ser uma trama bem complexa mesmo, o tipo de coisa que estou gostando de ler no momento. Uma coisa que me agradou, é saber que os personagens são bem desenvolvidos, e eu acho isso de suma importância para uma boa história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro ainda e confesso que quase nunca leio fantasia, pois não é um gênero que chama muito a minha atenção, sabe? Por essa mesma razão eu confesso que não fiquei lá muito animada com sua dica de hoje. No entanto, lendo sua resenha deu para perceber que realmente se trata de uma história muito bem construída e complexa, então é uma bela dica para os fãs desse gênero.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  14. Oiii,

    Eu já tinha visto está capa antes, mas nunca tinha lido nada a respeito da história porque achei que era só mais um pouco do mesmo em fantasia. E ta triste, mas a maior parte dos gêneros hoje em dia está com esse problema de "mais do mesmo", mas fiquei muito feliz de saber que está história tem uma complexidade que estava meio perdida e de ainda que se tenha um herói não é aquele clichê.
    Adorei a dica, já super quero o livro pra saber o que vou achar da história.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com/

    ResponderExcluir