| RESENHA #77 | DESAFIO, C. J. REDWINE, TRILOGIA DESAFIO #1

 Título: Desafio
 Autora: C. J. Redwine
 Ano: 2014
 Páginas: 368
 Idioma:  Português
 Editora: Novo Conceito
 Gênero: Fantasia

Sinopse: No interior das muralhas de Baalboden, à sombra do brutal Comandante da cidade, Rachel Adams guarda um segredo. Enquanto as outras garotas fazem vestidos e obedecem a seus Protetores, Rachel é capaz de sobreviver nas florestas e de manejar uma espada com destreza. Quando seu pai, Jared, é declarado morto em uma missão, o Comandante designa para Rachel um novo Protetor: Logan, o aprendiz de seu pai, o mesmo rapaz a quem Rachel declarou o seu amor há dois anos, e o mesmo que a rejeitou. Com nada além da forte convicção de que seu pai está vivo, Rachel decide fugir e encontrá-lo por conta própria. Mas uma traição contra o Comandante tem um preço alto, e o destino que a aguarda nas Terras Ermas pode destruí-la.

Em uma escavação algumas décadas atrás, um monstro terrível cuspidor de fogo, foi libertado das profundezas da terra. O ocorrido devastador, levou as pessoas a se confinarem entre muralhas e obedecerem aos comantes de cada cidade-estado criada com o intuito de manter o monstro longe da humanidade.

Rachel Adams é uma garota muito jovem que vive na cidade de Baalboden, governada por um velho e tirano Comandante. Seu pai é um rastreador e sai em uma missão pelas Terras Ermas, fora dos limites da muralha, mas não volta dentro do prazo estipulado. Assim, o Comandante declara a morte de Jared Adams e anuncia que o falecido deixou estabelecido no testamento que seu aprendiz, Logan McEntire, seria o Protetor da única filha. O Comandante não tolera as reclamações de Rachel em relação a escolha do pai e deixa claro que ela deve ir embora com o seu Protetor e obedecê-lo dentro das regras estipuladas que existem naquela sociedade. A garota não aceita de modo algum que o pai está morto e decidi ir atrás dele sozinha, mesmo sabendo que desrespeitar a lei do Comandante é muito perigoso.

Rachel é uma garota muito determinada, bem rebelde e segundo os preceitos daquela sociedade, não deveria ser. Ela sabe lutar, se defender e fará de tudo para encontrar seu pai novamente. Logan é um rapaz de dezenove anos, antigo aprendiz do pai de Rachel e possui de uma genialidade fascinante.

'' - Mesmo quando parece que todos já desistiram?- Especialmente quando parece que todos já desistiram.''

Tentei não criar expectativas em cima desse livro, mas não resisti. Logo me apaixonei pela capa e ainda mais pela premissa que prometia uma boa aventura. A narrativa me agradou bastante, apesar de ter lido algumas críticas em relação a lentidão no começo do livro, não concordei com essas opiniões e tive um ótimo momento aproveitando cada capítulo, que são narrados em dois pontos de vista: O de Rachel e o outro de Logan.

Uma das coisas mais interessantes para mim, foi o fato de conseguir criar muito bem os cenários e episódios na minha cabeça enquanto lia cada linha do texto. Uma escrita simples, mas bem formulada e detalhada na medida certa. Aconteceram várias reviravoltas intrigantes e adorei a carga de emoção adotada na história. Houve também um leve romance surgindo em meio aos obstáculos que os personagens estavam vivenciando. Mesmo que tendo seus desentendimentos no começo do livro, Rachel e Logan vão construindo uma ligação muito bonita no desenrolar da história e que valeu a pena acompanhar.

''Não como achei que estava há dois anos, quando lhe ofereci meu coração. Aquele amor era descomplicado e inocente, algo mais adequado a uma vida simples. O amor que me consome agora é feroz e absoluto - forjado em uma bigorna de dor e perdas, e unido pela força que compartilhamos.''

Achei um livro muito bom, com personagens que, mesmo jovens, souberam fazer escolhas razoavelmente coerentes enquanto encaravam um turbilhão de emoções e problemas que os cercavam. Fomos apresentados a personagens secundários curiosos e espero que logo a editora lance o próximo livro, pois estou um pouco ansiosa. Este primeiro livro serviu como uma apresentação a esse novo mundo e aos envolvidos nessa aventura distópica. E eu creio que essa história ainda promete muito mais e essa foi só uma leve palinha do que pode vir em seguida.


13 comentários

  1. Olá, tudo bem ?
    Já vi esse livro milhares de vezes. A capa dele na verdade. Porque ela realmente é linda!
    Mas, é a primeira resenha que leio dele. Gostei da primazia.
    Já vou adicionar na lista.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Karen,
    Eu tenho muita vontade de fazer essa leitura, já tem um bom tempo. Já li resenhas maravilhosas sobre ele e isso desperta e muito a minha atenção, a sua veio se juntar a elas e reacender essa minha vontade. O que me entristece um pouco em fazer a leitura é perceber que a editora parece que vai demorar pra publicar a sequência, se publicar e começar a ler uma série sem ter a possibilidade de acabar é frustrante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá...
    Nossa essa parece ser uma daquelas histórias que nos deixa sem fôlego né... mega curiosa já...
    Não conhecia o livro, mas já fiquei curiosa por aqui.
    Sua resenha só completa a vontade de conhecer o livro.
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Esse é um livro pelo qual eu não dava nada, mesmo gostando da capa. A premissa sempre me pareceu sem graça demais mas a sua resenha conseguiu me dar um outro olhar acerca da trama, que de sem graça não parece ter nada. Quem sabe eu não o leia no futuro?
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  5. Olá Karen,
    Já vi esse livro muitas vezes, mas não lembro de ter lido nada sobre ele. Sua resenha está incrível e fiquei muito interessada na leitura. Achei muito legal os personagens, mesmo jovens, terem feito escolhas pertinentes e também curti essa construção de carinho que parece ter entre o Logan e a Rachel.
    Fiquei empolgada com a leitura e curiosa e vou anotar a dica, com certeza.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro mas interessei-me bastante porque amo distopias e a premissa ate me agradou! :)

    QUe bom que as personagens foram coerentes nas suas decisões e atitudes! :) Ainda que jovens e com tanta emoção a mistura...

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  7. Pois é quando a NC publicou este livro eu fiquei empolgada mas acabei não lendo por questão das mesmas críticas que você comentou e até porque eu sei que tem continuação e a NC nunca vai publicar ela e eu não curto isto, já que a partir daí fica aquela coisa meio sem sentido, apesar de não saber se acabou parecendo que teria uma continuação.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Não conhecia esse livro e fiquei muito empolgada para ler, pois aparentemente possui todos os elementos que eu gosto em uma narrativa. Achei legal você dizer que apesar de novos, os protagonistas conseguem tomar decisões coerentes, o que eu achei ótimo.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Oie :)
    Eu não sou muito chegada a fantasia, mas suas resenha foi tão bem escrita que me deixou super empolgada de ler esse livro. Já coloquei ele aqui na lista.

    Adorei a mocinha destemida, amo "histórico" onde a mocinha é a frente do seu tempo.

    Paraíso Literário

    ResponderExcluir
  10. Olá, seu blog é lindo, já estou seguindo.
    ótima resenha, adorei a premissa do livro e a capa também, adoro distopias, tenho várias na minha lista e outras que já estou lendo e outras terminadas, é meu gênero preferido, então quando vejo uma nova e que parece ser tão boa assim fico animada, espero ler logo, mas aposto que irei enrolar anos, pois sou muito lentas com trilogias e séries kkk

    ResponderExcluir
  11. O livro parece ser bem interessante, sem contar que essa capa é maravilhosa! Fiquei curiosa para saber se o pai dela tinha morrido de fato e o que tinha acontecido com ele. Parabéns pela resenha!
    Beijo

    http://capsuladebanca.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Gostei bastante da premissa do livro. Adoro fantasias, aventuras e livros com protagonistas fortes e estes parecem ser elementos presentes em toda a obra.
    Começos mais lentos são sempre esperados nos primeiros livros de séries afinal eles tendem a ser mais introdutórios. Mas não acredito ser algo que vá prejudica a leitura.
    fiquei curiosa e quero conhecer a série.

    Confissões de uma Mãe Leitora

    ResponderExcluir
  13. Oii Karen, tudo bem? Impossível não esperar muito de um livro com essa capa e premissa, não é mesmo? Desde o lançamento de Desafio fiquei interessada na leitura, porém quero lê-lo apenas quando o segundo for lançado por aqui, pois a Novo Conceito às vezes deixa as séries pela metade e isso não é legal :/ Espero gostar da leitura também. Sua resenha ficou ótima!!

    Beijos

    ResponderExcluir