| RESENHA #189 | ONZE LEIS A CUMPRIR NA HORA DE SEDUZIR, SARAH MACLEAN (OS NÚMEROS DO AMOR #3)

A série Números do amor, escrita pela Sarah MacLean e publicada pela Editora Arqueiro no Brasil, está chegando ao fim. Após dois livros incrivelmente bons, Onze leis a cumprir na hora de seduzir, vem para concluir com maestria e muita paixão a série de romance de época. Os dois primeiros volumes foram um sucesso absoluto, pois a junção da imaginação com a escrita da autora, foram espetaculares e levaram os leitores ao delírio.

Em Onze Leis a cumprir na hora de seduzir, temos a história de Juliana Fiori, a meia irmã de Gabriel e Nicholas St. John. Impulsiva, italiana e ousada, Juliana é considerada um escândalo prestes a acontecer. Sua chegada a Londres causou burburinhos de todas as classes sociais justamente porque a relação com sua mãe, que sabemos que abandonou duas famílias, era muito estreita e cheia de falsos levantamentos. A sociedade londrina dizia que Juliana seria como sua mãe, porque ela carregava o gene do escândalo. 

Juliana conhece Simon, um Duque muito preocupado com a sua reputação e de sua família. Faz de tudo para proteger o ducado dos escândalos, mas quando conhece Juliana, Simon não esperava que fosse entender o que paixão e amor significava e, em uma aposta, Juliana mostra a ele como a paixão pode ser maravilhosa. Mas é claro que nem tudo são flores, muito menos a relação de Simon e Juliana. 

Os protagonistas são opostos. Dolorosamente opostos, mas é aquele ditado, às vezes os opostos se atraem. 

ISBN-10: 8580415314
Ano: 2017
Páginas: 336
Idioma: português
Editora: Arqueiro
Classificação: 4/5
Sinopse: Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra.Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton. O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.

Simon foi um personagem difícil de amar, mas conforme ele vai se desenvolvendo e se entregando, é impossível não nutrir uma simpatia por ele. Principalmente quando ele começa a ceder aos encantos de nossa Juliana e a paixão prometida com tanta euforia. Aliás, O que falar sobre Juliana? Uma personagem que eu sempre gostei desde suas aparições nos outros volumes. Adoro personagens que são vívidas, que gostam de viver se não se prendem aos dogmas da sociedade.

A escrita da Sarah continua do jeito que nós amamos. Completa, fluída e cativante. O enredo se desenvolve bem, fechando pontas que estavam soltas e criando novas para uma futura continuação. Conforme vamos vendo os personagens se aproximarem, vamos criando uma excitação e ansiando para que eles fiquem juntos logo. Mas ambos são difíceis e Sarah não facilitou nenhum momento para que ficassem juntos.

Romances de época sempre vão possuir clichês, mas é como o autor conduz e desenrola a história que conta. E, apesar dos inúmeros que encontramos aqui, não há como não ficar vidrado e completamente apaixonado por cada momento dessa história. Acredito que a lição de moral vem mais para o lado de Simon, que percebeu que paixão, amar, era muito importante para ser feliz.

Em suma, Onze leis a cumprir na hora de seduzir é uma história envolvente e que acalenta nossos corações com um romance intenso e arrebatador. É uma ótima conclusão para a trilogia e acredito que seja um dos romances de época mais gostosos que eu tenha lido. Portanto, fica a dica para vocês que estão buscando séries de livros de romance históricos. Esse com certeza vale a pena. 

12 comentários

  1. Ola
    A autora escreve maravilhosamente bem, e não vejo a hora de poder iniciar essa série, sem contar que sou apaixonada por essas capas e a premissa me instiga muito. Amo romances de época, por isso fico bem empolgada a cada resenha que leio a respeito. Pode parecer um enredo clichê mesmo, mas acredito que a gente sempre acaba se surpreendendo. E é claro que suas impressões me deixaram muito motivada!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Estou começando a gostar muito de romances históricos. Nunca li nada da autora, mas essa serie chamou bastante minha atençao.
    Ja adorei a Juliana, só pelo que voce escreveu.
    Obrigada pela dica. Pretendo ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Anelise!
    Eu gostei muito dos livros anteriores dessa série e acho que vou gostar também desse último! rs
    E, aliás, meio que tem um gancho para a série seguinte, que foi publicada pela Gutemberg!
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  4. Oiii!
    Sinceramente acho que a grande sacada dos romances de épocas são justamente essas,não ser a mocinha quw se apega muito aos padrões da sociedade,nunca li nenhum livro dessa autora,mas imagino que a pegada seja semelhante da Julia Quinn,então provavelmente eu gostaria de ler esse romance.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada da Julia Quin e com certeza não foi por falta de indicações e elogios. Apesar de adorar romances, li pouquíssimos históricos e acho que quero entrar de cabeça neste gênero por esta serie. Acho que vou adorar, do primeiro volume ao ultimo!!! Espero poder fazer isso em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Não conhecia essa série, mas sua resenha me deixou interessada. Não sou muito chegada a romances de época, mas essa me parece ser uma leitura válida e adorei saber que a escrita da autora é fluída e completa, parece mesmo ser uma história envolvente. Adorei a resenha!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  7. Adoro romances históricos, mas ainda não tive a oportunidade de conhecer essa série. Embora já tenha ouvido falar bem dela. Assim que puder quero ler e conferir e ver se vou gostar tanto quanto você gostou dessa série. Bexitus!

    ResponderExcluir
  8. Olá...
    Nossa senhora como eu amo romances de época e junto com essa minha fixação pelo gênero, tem a paixão pelo clichê.
    Ainda não tive a oportunidade de ler essa série, na verdade, infelizmente eu ainda não tive o prazer de conhecer a escrita da autora, mas vontade não me falta.
    Sua resenha está impecável e me aguçou bastante.

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Por mais que eu adore romance histórico ainda não tive a oportunidade de ler nada da Sarah MacLean, porém só escutei coisas boas a respeito de sua escrita e suas histórias. Eu adoro um clichê então não me importo de ter muito ou não, mas como você disse a forma como é desenrolada a narrativa que conta, pretendo ler algo da autora em breve e talvez comece por essa trilogia, no mais espero gostar dela tanto quanto você.

    Beijos e sucesso!!

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Eu adoro essa trilogia, e estou louca para ler o livro dessa protagonista, pois no anterior eu adorei seu jeito todo diferentão da sociedade londrina e como ela estava pouco se lixando pra isso.
    Já o mocinho vai ser difícil eu amar, mas tenho certeza que no final me renderei a ele também, pois a Sarah tem o som de fazer isso em suas histórias rsrsr

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Você não é a primeira pessoa que vejo que não gosta do Simon de cara, mas acaba se rendendo aos encantos dele. Acho quase impossível um romance de época não conter clichê, a época em si é um clichê hahaha Mas de fato faz toda a diferença a maneira que a autora consegue levar a história.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Adoro romances de época, já conhecia essa série, porem ainda não li. Creio que é meio impossível sair das escritas clichês nesse gênero literário, mas como você disse que a leitura é desenrolada, deve dar um grande avanço e completar mais ainda a narrativa.
    Adorei a resenha e o seu blog. Beijão!

    ResponderExcluir