| RESENHA #89 | A NOITE DOS MORTOS VIVOS E A VOLTA DOS MORTOS VIVOS, JOHN RUSSO

 ISBN-13: 9788566636215
 ISBN-10: 856663621X
Título: A Noite dos Mortos Vivos, a Volta dos Mortos Vivos
 Ano: 2014
 Páginas: 320
 Autor: John Russo
 Idioma: português
 Editora: DarkSide® Books

Sinopse: Se hoje os zumbis estão em alta é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de A Noite dos Mortos-Vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em A Noite dos Mortos-Vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana. O próprio John Russo (que também atua no clássico de 1968 como um zumbi) adaptou a história do filme neste romance que a DarkSide® traz para o Brasil. A Noite dos Mortos-Vivos inclui ainda uma surpresa para os leitores: o texto integral da sequência do clássico, que nunca chegou a ser filmada, chamada de A Volta dos Mortos-Vivos (não vai confundir com a comédia trash de 1985, que também contou com Russo no time de roteiristas). Depois de 45 anos, finalmente é publicado no Brasil o romance do filme que marcou gerações.
Depois de assistir ao filme e ver a promoção do box Cineclub da DarkSide Books, percebi que queria muito ler esse livro. Não só para saber mais sobre o filme, que foi indicação de um amigo, mas para ler alguma coisa de terror e zumbis, já que não lia há tempos.

Durante uma viagem para visitar o tumulo de seu pai, os irmãos Johny e Bárbara passam por um momento tenso. Enquanto Johny estava irritado, porque fazer aquela viagem estava fora de cogitação para ele, Bárbara queria fazer aquilo pela sua mãe, que estava doente. Johny implicava com a irmã o tempo tempo, fazia brincadeiras e comentários maldosos, mas o que ele não esperava, é que fosse atacado por um zumbi enquanto fazia uma piada sobre mortos-vivos a fim de aterrorizar sua irmã. ATENÇÃO, ESSA RESENHA CONTÉM SPOILERS DO LIVRO E DO FILME.

"Em seguida Bárbara, ouviu o estranho som de algo rasgando, e embora não pudesse ver o que o agressor estava fazendo, aquele som horripilante continuou ecoando pela noite...como se o cadáver de Johnny estivesse sendo dilacerado"

Em A noite dos mortos vivos, temos a apresentação desse universo catastrófico em que mortos ressuscitam e devoram humanos vivos. Somos apresentados ao primeiro caso que nos mostra como essa doença foi tomando conta de tudo. John Russo soube bem como adaptar essa história, como escrevê-la. Logo no início do livro, já leio um dos melhores trechos que já vi em toda minha vida. Um trecho que fala sobre medo e morte. Achei o autor muito coeso e esperto, sabendo como moldar e nos contar essa história que já foi mostrada anteriormente no cinema.

E sua continuação não fica muito longe do primeiro livro. A volta dos mortos vivos é tão inteligente e interessante quanto seu antecessor. Nesse volume, o plano de fundo não se dá apenas com em um lugar, mas os sobreviventes do apocalipse zumbi buscam outros lugares para fugir e tentar sobreviver. Nesse volume, me senti mais fisgada pela trama e pela agilidade que o autor conta a história. A narrativa foi fluída e isso me fez ler em poucas horas.

"Os dois homens mortos se moviam como se estivessem conscientes da presença um do outro, mas indiferentes um ao outro. Ambos eram movidos pela mesma força, tinham as mesmas vontades. De fato, ambos desejavam ardentemente a mesma coisa: devorar a carne dos vivos."

Em a volta dos mortos vivos, temos mais conflitos entre aqueles sobreviventes e não é tão focado assim nos zumbis. Acredito que se você não é um grande entusiasta de filmes com finais tristes, não é uma obra para você. Mas confesso que vale a pena pela ambientação. A escrita do John Russo é objetiva e marcante, não há encheção de linguiça e nem delongas.


É claro que para os dias atuais, a premissa se torna até clichê, visto a quantidade de distopias com zumbis que foram publicadas e lançadas, mas para a época, foi revolucionário e original. E nada melhor para os notálgicos, como eu, ler uma obra que foi a percussora do universo zumbi que conhecemos hoje.

          A edição da Darkside books é incrível. Eu tive o prazer de ter a edição normal e a com capa dura. A diagramação é ótima, letras em tamanho bom e todas as ilustrações compõem bem a história e deixam o livro com um ar aterrorizante. Essa é uma história que todo bom fã de terror e distopia merece ler. E você? Já leu?

22 comentários

  1. Olá
    Eu já tinha conhecimento desse título, mas a sua resenha é a primeira que leio a respeito e gostei bastante de poder conferir suas impressões. É um gênero que eu gosto bastante, então eu acredito que iria curtir essa leitura. Por mais que pareça clichê, suponho que sempre podem haver elementos que nos envolvam nesse cenário, seja por meio dos conflitos, zumbis ou pela ambientação, ao qual fiquei bem curiosa mesmo. Obrigada pela dica!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Essa obra clássica aí? Nossa, eu tenho muita vontade de ler esse livro, não importa em qual edição seja kkk. Realmente se for comparado a época atual,o livro se torna bem clichê, mas mesmo assim tem a sua originalidade. Adorei conferir a sua resenha e saber que você curtiu muito. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Ane

    Eu assisti ao filme, sou fascinada por zumbis, quero que o mundo acabe em um apocalipse zumbi, como faz? Hahahahaha
    Eu acho que gostaria mais de ler A Volta dos Mortos Vivos, pois gosto mais dessa parte dos conflitos humanos, de como eles fazem para se virar nessa nova realidade, tipo TWD.
    Gostaria de ler sim!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Aquele momento que eu tinha escrito um comentário enorme e tudo sumiu de uma hora para a outra! Menina eu me lembro de ter visto o filme, mas não me lembro nada da história haha E adoro ler o livro, pois parece que nos aprofundamos mais na história. Eu até pensei em fazer um especial de terror esse mês também, mas acabei me enrolando toda com os livros pra fazer resenha e acabou que não rolou KKK Quem sabe ano que vem <3 Adorei a resenha! Um beijo : *

    ResponderExcluir
  5. Lendo a sua resenha, fui pensando na sua própria conclusão: com tantos enredos contemporâneos com zumbis, esse passaria fácil, sem grande atenção. Mas se tratando de uma edição da Darkside, vale até o pai nosso.. rs
    Amei a dica e acho que ela se encaixa em um excelente presente apara os amigos que curtem o gênero.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá bom dia!
    Nossa que medo kkk Sério esse negócio de zumbi me assusta e eu não gosto, super admiro quem lê, assisti série ou vê os filmes, mas não é pra mim. Kkk Imagina você zoando sua irmã e ser atacado por um morto vivo 😨 Mas olha meu medo kk Não tira seus créditos da resenha, tem tantos filmes sobre o assunto e você falou que algo que originou isso, uma resenha diferente e original, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Eu amo tudo que envolve zumbis, e já ouvi bastante do filme mas não sabia que era livro :o Mais um motivo pra eu ler o quanto antes!
    Nunca li nada da Darkside, mas nossa, só de ver essa capa, já quero comprar!
    E você tem razão, talvez não achei grandes coisas por já ter visto tantos enredos envolvendo zumbis, mas pretendo ler!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  8. Eu comprei esse livro logo no lançamento e devorei logo. Eu adoro o gênero, adorava o filme e quando vi o livro, pirei. E a editora não deixa por menos, a minha edição é a de capa dura, mas as duas são perfeitas, né? E pros dias atuais, realmente a história chega a ser clichê, mas mesmo assim não perde o seu encanto (rs).

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Menina, nunca havia ouvido falar sobre esse livro ou o seu filme. Eu não tenho tanta certeza em relação ao livro, mas ao filme eu não assistiria por nada nessa vida. Eu morro de nojo de zumbis, muito mesmo. Só de imaginar aquelas coisas mortas e putrefatas caminhando em minha direção, já sinto um arrepio. Talvez o livro, sem a parte visual, seria uma aposta pra mim. Mas mesmo sim fico receosa.
    Contudo, os seus comentários sobre a trama me agradaram e mesmo que eu não leia esse livro nos próximos 50 anos, eu irei considerar a dica. Obrigada.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  10. Olá Ane,
    Já assisti esse filme, mas não tenho interesse em ler o livro. Tenho que concordar que, hoje em dia, essa premissa é bastante clichê mesmo, mas, acho que isso não apaga o brilho dela.
    Achei legal você ter ressaltado que o livro é inteligente, adoro obras com essa qualidade.
    Não tenho dúvidas de que a edição está linda, aliás, tem uma edição da DarkSide que não é perfeita?
    Adorei a resenha, mas vou deixar a dica passar por falta de vontade.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Hey, tudo bem? Sua resenha ficou ótima! Adorei saber tua opinião sobre esses livros. Morro de curiosidade em ler esses clássicos, apesar não ser grande fã dos zumbis! A darkside sempre com edições lindíssimas e caprichadas. Se pudesse compraria todos hehehhe. Espero ter a oportunidade de ler esses logo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Anelise. Tudo bem?
    Primeiramente, eu preciso me desculpar por não ler a resenha inteira. Quando li a palavra SPOILERS, eu assustei e abandonei. Explico o porquê: sou apaixonado pelos livros da Darkside Books e este é um dos livros que quero muito ler. E como não me dou bem com spoilers, decidi na terminar. Mas até onde li, gostei bastante e até fiquei mais animado para ler o livro e, lógico, assistir ao filme.
    Abraço!

    meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

    ResponderExcluir
  13. Oi Ane

    Adorei seu resenha. Não conhecia esse livro e olha que amo a Darkside <3. Já assisti ao filme sim, mas não é a mesma experiência de ler o livro. Sem falar que essa edição está incrível mesmo. Apesar de odiar histórias com zumbis, daria um uma oportunidade a este.
    Ótima dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Acredita que eu nem sabia que tinha livro? Eu assisti ao filme há muito tempo atrás, quando comecei a entrar nessa onda de zumbi e achei muito legal, apesar de já ser um pouco antigo. Mas realmente, revolucionou a época e eu gosto de pensar que graças a ele nós temos esse monte de distopias zumbis atualmente.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  15. Tudo pode ser até muito clichê, mais o livro e o filme foi inicio de tudo que vemos de zumbis "evoluidos" hoje. Claro, a diagramação da Dark sempre impecável, uma editora que realmente se preocupa com o lado de fora dos livros.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Amo livros e filmes de zumbis mas, vergonhosamente, nunca li ou assisti esse e sinto que estou perdendo uma grande obra, principalmente por ser fã do gênero e por esse ser o percursor do estilo. Sem falar na edição belíssima que a editora fez e que deixa qualquer estante mais bonita.
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  17. Ao contrário da Cris (Plataforma 9 3/4), que entra em desespero só de ouvir a palavra "terror", eu sou fã demais dessa premissa! Fui introduzido ao horror e aos zumbis através de Resident Evil 2 (jogo), desde então, sou fissurado. Fiquei muito animado com essa adaptação em romance desse clássico, principalmente por causa do extra do texto do filme que nunca foi filmado. Quero esse livro na minha estante.

    Grande abraço.

    Leonardo Lagassi
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  18. Criei vergonha e parei de ter medo de filmes assim, e assisti! Como vc falou, o autor soube adaptar bem, e essa capa está maravilhosa.
    Sobre o livro... A morte bem complexo de se falar, por outro lado em livro sobre zumbis é mais que bem vindo. Sou fã de TWD e assisti recentemente uma série chamada I'm Zombie que de certa forma é comédia. Fiquei interessada por esse livro, principalmente porque vc pontuou que o enredo não é focado apenas nos zumbis!

    ResponderExcluir
  19. Simplesmente ADORO "A noite dos mortos vivos" e adoro mais ainda a DarkSide <3

    Não tenho este livro ainda mas pretendo ter pra ontem. Sua resenha está fantástica e compartilho do mesmo sentimento que você: "Essa é uma história que todo bom fã de terror e distopia merece ler."

    Adorei sua resenha! Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  20. Oie
    Tudo bem?
    Então eu acho que sou meio modinha com relação a zumbis eu vejo o que todo mundo vê quando muita gente fala sobre eu corro lá e vejo li poucos livros do tema. Adorei sua resenha e sim concordo que é um livro que merece ser lido vou anotar.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  21. Oie!!!
    Muito legal essa reedições dos clássicos que a Darkside está fazendo! Este filme é tão icônico e o termo "zumbi" lançado por ele é tão conhecido e comumente utilizado que os criadores de "The walking Dead" tiveram que explicar que no mundo dos seus personagens este filme não havia sido lançado, ou seja, nunca trataram os morto-vivos como "zumbis" e por isso eles não são chamados assim no universo deste comic book, pois seus fãs estavam estranhando e reclamando o não uso dele!
    Nunca tive a oportunidade de ler o livro e vou guardar a dica pra quando quiser ler um clássico do terror!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Caminhando Entre Livros
    Http://www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
  22. Bom, eu vou te confessar que apesar do meu gênero cinematográfico preferido ser terror, eu nunca vi esse filme, e apesar do meu gênero preferido ser terror para filmes, não leio terror nem sob tortura, então passo a dica, mas, já aproveito o ensejo pra dizer: DARKSIDE SAMBA ♥

    ResponderExcluir