Título: Eu sou as escolhas que faço
 Autora: Elle Luna
 Ano: 2016
 Páginas: 176
 Idioma: português 
 Editora: Sextante
 Gênero: Não ficção, Auto Ajuda

Sinopse: "O entusiasmo contagiante de Elle vai inspirar você a fazer a coisa mais ousada que puder na vida: ser quem você é de verdade." ¿ Evan Williams, cofundador do Twitter e fundador do Medium. "Como transformar o fogo interior em combustível para a felicidade é o que a designer Elle Luna explora em seu livro, um manifesto ilustrado, inteligente e empolgante.". Maria Popova, criadora do site Brain Pickings. Há dois caminhos na vida: o caminho da segurança e o da paixão. Sempre encontramos essa encruzilhada. E, todos os dias, fazemos uma escolha. Que escolha você tem feito? Cada um de nós tem um potencial único que nos foi dado ao nascer, mas se vamos cultivá-lo ou não depende apenas de nós mesmos. Em seu sentido mais puro, a paixão é a razão por estarmos aqui escolher segui-la é a jornada mais importante da nossa vida.
Eu sempre quis ler livros de auto ajuda, mas nunca havia encontrado um que me ajudasse de forma significativa. Muita gente sempre me recomendava autores que não abordavam filosofias que condiziam com minhas ideologias e muitas vezes eram bem errôneas. Quando eu vi o lançamento da editora Sextante, "Eu Sou As Escolhas Que Faço", da designer, pintora e escritora, Elle Luna, fique totalmente encantada. Talvez porque a autora tenha proposto uma conversa mais criativa, mais dinâmica e espontânea, o livro foi totalmente apreciado por mim. 

Em "Eu Sou As Escolhas Que Faço", somos guiados por uma divertida conversa sobre a vida, sobre os trabalhos, sobre relacionamentos, sobre o que você espera do mundo e de você mesmo e o que o mundo espera de você. Sobre o que você precisa entender e sobre o que você precisa fazer.

Uma das coisas mais interessantes do livro, é que a autora criou passos para que o leitor entendesse bem suas palavras e deu sugestões e dicas para que ele conseguisse praticar realmente em sua vida. Na maioria dos casos, falo por mim, as pessoas idealizam muito as próprias ideias e sonhos e não as colocam no papel, não conseguem tirá-los do plano imaginário. Neste livro, Elle Luna da exatamente o que precisamos para tomarmos o controle da nossa vida e seguirmos nossas vontades.


"Há dois caminhos na vida: o caminho da segurança e o da paixão. Sempre encontramos essa encruzilhada, e, todos os dias, fazemos uma escolha". Pág.  28

Não posso deixar de falar da maneira divertida e colorida que o livro é, deixando-o inteiro com um ar de despretensão que deixa o leitor totalmente à vontade e confortável em refletir e olhar de forma íntima para os pensamentos que a autora expõe ali. Acredito que pela autora ser designer, pintora e estar envolvida com a arte, tenha sido um dos motivos que fizeram o livro tão especial assim.

Parei para refletir sobre os motivos de tantos comentários negativos a respeito de livros do gênero e acho que precisa-se ter uma certa sensibilidade e estar aberto a ideias e pontos de vistas diferentes do seu. É necessário ler um livro como esse de coração aberto para entender a proposta e as ideias contidas entre as páginas. A partir do momento em que o leitor se abre para compreender tais coisas, da pra perceber que o livro ajuda de alguma forma. Não uma forma gritante, mas da pra sentir aquela ânsia de ser feliz e fazer algo que valha a pena para nós mesmos.

Tendo uma narrativa leve e fluida, Eu Sou as Escolhas que Faço trilha um caminho divertido e delicioso e leva o leitor a momentos incisivos de reflexão. Eu indico para todo mundo que quer uma leitura boa para um final de semana e quer pensar mais um pouco sobre a vida. 

21 Comentários

  1. Olá
    Confesso que não leio muitos livros nesse gênero, mas reconheço bastante a sua importância. Eu não conhecia esse, mas por seus comentários parece ser uma leitura bem válida e compreensível, o que é ótimo para auxiliar os leitores em suas dúvidas, nos significados mais diversos e pensamentos de reflexão. Achei a capa bem bonita e agradeço pela dica mesmo. Estou precisando de uma leitura nesse estilo..
    beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Ane,
    Acho que esse título já fala muito sobre o livro e sobre como deveríamos agir, afinal, nós somos as escolhas que fazemos.
    Já li livros do gênero e eles não me agradaram, isso pode ser pelo fato de não ter sido o livro certo que precisava. Esse livro me deixou bem curiosa para saber como as coisas acontecem e gostei de saber que a leitura foi boa para ti.
    Anotei a dica de leitura.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  3. Eu achei a capa desse livro muito bonita e acredito que a diagramação esteja tão bonita quanto. Acho que é um livro encantador e realmente deva trazer mensagens de reflexão para muitos momentos de nossas vidas. Eu já o queria ler, agora quero ainda mais.

    ResponderExcluir
  4. Ola. Acho a capa desse livro bem lindinha <3
    Mas meu preconceito com livros de auto ajuda me impedem de querer apreciar, mesmo que apenas por curiosidade, uma obra do gênero.
    Para mim os livros são diversão. E em auto ajuda encontramos apenas reflexão e questionamentos sobre nossas vidas e escolhas.
    É legal saber que a autora e a editora conseguiram deixar o livro mais divertido pela maneira que foi composto, mas nem isso faz com que eu queira dar uma chance a ele.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Então, o que falar dessa obra que me encantou por demais? Eu também não sou muito de ler livros de auto ajuda pelos mesmos motivos que você. Acho que só li uns 3 ou dois livros nessa pegada. Adorei ver a sua opinião sobre a forma que a autora escreveu o seu livro, sem falar que a capa está uma coisa mais linda. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Ane, eu não curto essa parte da literatura não. Não gosto de livros de Auto-Ajuda. Não é preconceito, é gosto mesmo. Eu gosto de ler para ir a outros mundos, outras vidas, outras realidades. Auto-Ajuda não me proporciona isso.
    Entretanto fico feliz que tenha sido uma boa leitura para você, e para os outros leitores que curtem o mesmo.
    Sua resenha está ótima. Parabéns! =)

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu sou uma daquelas que vira a cara para livros do gênero, acho que a agrade maioria é extremamente oportunista e alguns falham em trazer "receitinhas de bolo" par determinadas problemáticas. Mas este aqui me pareceu muito diferente e bem apropriado para mim. É um livro que eu leria, com certeza.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu geralmente não leio livros nesse estilo, mas não tenho problemas em lê-los.
    Que bom que indica e que gostou do desenvolvimento. Eu não entendo porque as pessoas ficam criticando tanto os livros do gênero. Se a pessoa não gosta, simplesmente não leia. Eu, hein! Cada pessoa tem um ponto de vista, uma maneira de ver a vida. É só você concordar ou não, de acordo e como você vê a vida. Adorei sua reflexão. Maravilhosa resenha.

    ResponderExcluir
  9. Olá Ane,
    Eu não sou muito de ler livros de auto ajuda mas a capa desse livro me atraiu pode ter certeza kkkkk.Concordo com a sua opinião sobre o gênero,acho que as pessoas pensam que vão terminar de ler o livro e ter sua vida totalmente renovada e descomplicada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Apesar de ter um grande preconceito com livros desse gênero, até porque nunca achei um que realmente me ajudasse, achei a proposta deste bem despretensiosa e útil. É um livro escrito por uma pessoa normal que apenas demonstra seu jeito de ver a vida e não um compilado de estudos que não irá te ajudar em nada. Gostei muito da sua resenha e se tiver a oportunidade vou conferir o livro.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Hey!
    Eu não costumo ler livros de auto ajuda, nunca me chamaram muito a atenção, no entanto, não dispenso a leitura caso um dia eu tenha a oportunidade. Acho que nunca parei para ler nenhum, mas tenho curiosidade para saber a forma que a narrativa se expõe. Acredito que ajudem sim da melhor maneira possível, pois acredito que esse tipo de livro nos faça refletir sobre a vida, como você bem disse. Parabéns pela resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu já li vários livros do gênero e confesso que até gosto, mas esse não seria um livro que leria no momento.
    Gostei de saber que a obra possui uma narrativa fluida, feita de maneira divertida e colorida. Isso realmente deixa o leitor mais à vontade com a leitura.
    No momento eu não leria, mas anotei a dica para conferir futuramente.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Ane! Tudo bem?
    Não conhecia o livro e lendo sua resenha fiquei interessada e curiosa para ler. Confesso que não gosto de livros de auto ajuda, por n motivos. Vou anotar a dica, mas não tenho certeza plena de que vou ler!
    Bj

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Eu ainda não encontrei um livro desse gênero que realmente me agradasse, mas esse parece bom. Saber que a autora soube deixar a obra dinâmica e que a diagramação tem detalhes artísticos me deixa curiosa sobre o livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Estou lendo este livro e estou me divertindo e maravilhada com ele. Tudo o que a autora propõe é ótimo e me questiono sempre por tudo o que ela coloca ali. É lindo toda a diagramação e estou amando demais.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  16. OI!

    Eu acho que livros desse gênero só falam conosco quando estamos no momento propício, por exemplo, auto ajuda é excelente quando estamos passando por um determinado problema em alguma área de nossas vidas. E acho que esse se encaixa na mesma definição, não que seja ruim, mas creio que com toda a certeza não é o meu momento. Beijos!!

    ResponderExcluir

  17. Olá!
    Já gostei de saber que a autora é designer (Eu também sou! rs). Gosto de livros de auto-ajuda, acredito que eles nos ajudam de alguma forma a refletir, ter autoconhecimento, etc. Já coloquei na lista. Obrigada pela dica! Bjos

    ResponderExcluir
  18. Raramente leio livros do gênero, até acho interessantes, mas acabo sempre deixando pra lá. E achei bem interessante o ponto que você levantou sobre comentários negativos. Realmente muitas pessoas falam mal desse tipo de literatura. Apesar de não ler muito, achoo interessante a proposta e além de uma leitura prazerosa pra muitos, pode ajudar outros tantos.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  19. Oi Anne, tudo bem? Por mais maravilhoso que você tenha dito que foi esse livro é até ter mencionado o preconceito para com o gênero. Auto ajuda realmente não é um gênero que eh goste de ler. Vou deixar a dica passar.
    Bj

    ResponderExcluir
  20. Também procuro por livros de auto ajuda, mas sempre contem uma linguagem muito formal e direta, que não me convence. Esse lançamento me chamou a atenção quando vi as ilustrações em seu Book Haul, achei bacana a forma que a autora aparenta ter dado os conselhos e seguir com o livro. Quero ler e tirar o mesmo proveito

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Sabe que eu adoro livros de auto ajuda e achei esse muito interessante, gostei dele abordar vários assuntos da vida e também de que você gostou dele. Acredito que eu leria sim ele no momento em que estou, seria de grande ajuda! gostei muito de conhecê-lo e pretendo ler em breve. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir