PARCERIA COM A EDITORA ROCCO | 2016

segunda-feira, agosto 15, 2016
Olá queridos leitores!
Se vocês me acompanham nas redes sociais, devem saber que o blog foi um dos escolhidos para entrar no #TeamRocco de 2016. Isso mesmo, somos os mais novos parceiros da Editora Rocco! Eu queria agradecer a cada um de vocês, por estarem sempre por aqui, lendo as resenhas, interagindo comigo e me fazendo ser muito realizada com o meu trabalho com o Anne & Cia. Em dois anos, aconteceram coisas incríveis comigo e eu devo tudo isso a vocês.

Para você conhecer mais sobre a Editora Rocco, a seguir tem um pequeno resumo da história de uma das maiores editoras do país. Em breve teremos posts divulgando os lançamentos mais aguardados da editora e muitas outras coisas!


A HISTÓRIA:
A Rocco tem como compromisso publicar as melhores obras de autores nacionais e estrangeiros. Criada em 1975 por Paulo Roberto Rocco, a editora sempre se mostrou atenta às manifestações da sociedade, antecipando tendências e difundindo novas ideias em diferentes segmentos.  Na década de 1980, ousou ao trazer para o catálogo pensadores importantes como Michel Maffesoli e Jean Baudrillard, além de abrir espaço para nomes de vanguarda no cenário político nacional como Fernando Gabeira, Herbert Daniel e Alex Polari, entre outros intelectuais e ativistas que marcaram época.

No mesmo período, deu início à formação de seu prestigioso catálogo de ficção, com títulos como A fogueira das vaidades, de Tom Wolfe, que até hoje é referência na prosa norte-americana e foi adquirido num dos primeiros grandes leilões do mercado editorial. A Wolfe viriam se juntar, nos anos seguintes, nomes como Gore Vidal, Noah Gordon, Ken Follett, Anne Rice e Carlos Fuentes, para citar apenas alguns, formando um painel variado da literatura e do pensamento mundial do século XX.

Em 1988, apresentou ao Brasil e ao mundo aquele que viria a se tornar o mais bem-sucedido escritor brasileiro, Paulo Coelho, ao lançar O alquimista. Quatro anos depois, em 1992, A firma, de John Grisham, abria caminho para uma ficção comercial de qualidade que também se tornou uma marca em seu catálogo.  No ano 2000, publicou Harry Potter e a pedra filosofal, o primeiro volume da série da então desconhecida J. K. Rowling, que se transformou no maior fenômeno editorial de todos os tempos.

Coube à Rocco um papel de destaque também em áreas como saúde, autoconhecimento e espiritualidade com a coleção Arco do Tempo, que fez história com títulos como Mulheres que correm com os lobos, clássico da psicanalista e escritora Clarissa Pinkola Estés que ganha reimpressões sucessivas desde o lançamento, em 1994. Em 1995, a editora ousou novamente ao publicar no Brasil o sucesso Homens são de Marte, mulheres são de Vênus, de John Gray, que viria a inaugurar um novo segmento de sucesso no mercado editorial, o de livros de psicologia voltados para o aconselhamento pessoal. Em 1998, veio outro grande sucesso deste segmento, Não faça tempestade em copo d’água, de Richard Carlson.

A ROCCO HOJE
Atualmente, a Rocco se mantém como uma das editoras brasileiras que mais se dedicam à divulgação de obras de ficção e não ficção contemporâneas, com nomes como Irvine Welsh, Jonathan Safran Foer e Julian Barnes, ganhador do Man Booker Prize, em seu catálogo.

Nas letras nacionais, é a casa de autores premiados como Roberto DaMatta, Affonso Romano de Sant’Anna, Clarice Lispector, Autran Dourado, Patrícia Melo e a imortal Rosiska Darcy de Oliveira, para citar alguns. E destaca-se ainda na busca constante por novos talentos, publicando nomes que se consagraram no cenário nacional, como André de Leones, Antônio Xerxenesky e Flávio Izhaki.

Além da reconhecida qualidade literária, o catálogo da Rocco reúne temas diversos, que somam aproximadamente dois mil títulos, indo da gastronomia aos negócios, da crônica de viagem à biografia, passado pela filosofia, pela História e pelos  avanços da ciência, entre outros assuntos, e reunindo nomes de prestígio em diversas áreas como Frances Mayes, Robert K. Massie, Cioran e Michio Kaku.

NOVOS SELOS
Criado em 2010, a Rocco Digital atende às novas possibilidades e modelos de negócios com a ampliação das plataformas de leitura e reafirma o compromisso da Rocco de publicar obras relevantes, também em e-book. Parte expressiva do catálogo da editora já ganhou versão digital, de longsellers como os títulos de Noah Gordon a sucessos recentes, como a trilogia Jogos Vorazes. Os e-books da editora seguem um minucioso trabalho técnico e estético que preza, acima de tudo, a qualidade da experiência de leitura. Em 2014, mais uma vez observando os movimentos e tendências do mercado, a editora deu início a um processo de melhor segmentação de seu catálogo com a criação de dois novos selos: Fábrica231, o selo de entretenimento da Rocco, e Fantástica Rocco, dedicado à literatura de fantasia, ficção científica e terror. No ano seguinte, vieram os selos Bicicleta Amarela, que publica o que há de mais moderno nas áreas de saúde, bem-estar e estilo de vida, e Anfiteatro, o selo de ideias e debates da Editora.

NOVAS GERAÇÕES
A Rocco mantém-se atenta também à formação das novas gerações de leitores, através dos selos Rocco Jovens Leitores e Rocco Pequenos Leitores, que reúnem obras de ficção e de informação dedicadas ao público infantil e juvenil, muitas delas premiadas por instituições como a FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) e adotadas em escolas e programas governamentais de incentivo à leitura. Com forte presença de mercado, o selo Rocco Jovens Leitores tornou-se referência no segmento juvenil, com um catálogo que reúne alguns dos autores e séries de maior sucesso entre este público, como Ciclo A Herança, Jogos Vorazes, Divergente e Pretty Little Liars, entre outros. Pelo mesmo selo, a Rocco lançou Thalita Rebouças, a escritora brasileira de maior sucesso entre os adolescentes, os títulos infantojuvenis de Neil Gaiman e a coleção Histórias Inéditas do Pequeno Nicolau, clássico francês da dupla René Goscinny e Jean-Jacques Sempé. No segmento Pequenos Leitores, brasileiros premiados como Caulos e Karen Acioly fazem companhia a nomes consagrados lá fora como William Joyce, autor do celebrado Os fantásticos livros voadores de Modesto Máximo.



3 comentários:

  1. Seu blog é lindo e dá pra perceber que você se dedica muito. Parabéns pela parceria, espero que muitas outras venham pela frente!

    A World to Read

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.