#29 Traidor, Bernard Cornwell

As Crônicas de Starbuck #2
ISBN-13: 978-8501106490
Título: Traidor
Autor: Bernard Cornwell
Editora: Record
Ano: 2016
Páginas: 406 
Livro cedido em parceria com a editora.
Sinopse: Na cruel guerra civil que assola o território dos Estados Unidos, há heróis, vilões e traidores. No verão de 1862, o capitão da Confederação Nathaniel Starbuck regressa à linha da frente da Guerra de Secessão. Embora tenha participado de diversos combates vitoriosos e demonstrado seu valor como soldado e líder, o jovem não consegue escapar de suas raízes nortistas. Assim, é apenas questão de tempo até ser acusado de espionagem, e então perseguido e brutalmente interrogado. Para limpar seu nome, Nathaniel terá de encontrar o verdadeiro traidor, uma empreitada que exigirá uma coragem extraordinária e uma força inabalável enquanto realiza uma perigosa odisseia através do território inimigo. Conseguirá Nathaniel restaurar a honra de seu nome e se livrar da fama de traidor?
Classificação: 4/5

Traidor é segundo livro da série As Crônicas de Starbuck, romance histórico escrito pelo grandioso Bernard Cornwell. A história se passa na famosa e cruel Guerra Civil americana¹ que assolou todo o território dos Estados Unidos da América no século XIX. Precisamente em 1862, o capitão Nathaniel Starbuck regressa à linha da frente da Guerra da Secessão e encontra inúmeros problemas por suas posições ideológicas e raízes nortistas, sendo acusado de traidor e perseguido para ser interrogado. A partir disso, nosso capitão terá que limpar seu nome e encontrar o verdadeiro traidor. 

Esse é o segundo livro que li do autor e como sempre ele consegue trazer todo um ensinamento sobre história para os leitores. Eu já tinha gostado muito do primeiro livro, Rebelde, e agora Traidor trouxe para nós uma áurea de espionagem muito interessante.

                      Americanos contra americanos. Irmãos contra irmãos

Confesso que me achei corajosa por ler esse livro. No começo demorei um pouco para me ambientar na história, mesmo tendo lido Rebelde anteriormente. Eu gostei bastante do Nathaniel, achei um personagem muito interessante e bem construído. Aliás, uma coisa que devo ressaltar, é a ambientação da história que foi construída perfeitamente pelo autor. Não é atoa que Bernard é um rei na literatura histórica. Ele consegue nos transportar para uma época tão desconhecida por nós mesmos e fazer com que a gente se sinta parte daquilo.

O livro é narrado em terceira pessoa, então podemos entender e saber sobre tudo o que está acontecendo, de uma forma imparcial. Ou seja, podemos entender mais sobre a Guerra, sobre a possível traição e de uma forma mais ampla e mais confiável. Bernard soube muito bem como conduzir essa história. Nathaniel Starbuck é um personagem e tanto. Eu gosto dele de mais e acho um dos melhores explorados e construídos personagens. Gosto das suas convicções, mesmo que às vezes eu tenha me sentido um pouco indiferente. 

A diagramação está fantástica. A fonte está boa para leitura, as folhas são amareladas e a capa tem orelha e é muito bonita. Fico feliz que a editora tenha trazido essa série para o Brasil, pois para quem é fã de romances históricos, esse livro/série é perfeito. 

Eu não posso falar muito, pois seria um grande spoiler do livro anterior e acho que é necessário entender apenas que o livro é cheio de história e conhecimento. Não é atoa que Bernard Cornwell é simplesmente incrível e vale a pena cada página lida. Então se você aprecia esse tipo de história e/ou quer conhecer e começar a ler mais o gênero, acho um SUPER válido.

¹:A Guerra Civil Americana, também conhecida como Guerra de Secessão ou Guerra Civil dos Estados Unidos (ver os nomes atribuídos ao evento), foi uma guerra civil travada entre 1861 e 1865 nos Estados Unidos depois de vários estados esclavagistas do sul declararem sua secessão e formarem os Estados Confederados da América (conhecidos como "Confederação" ou "Sul"). Os estados que não se rebelaram ficaram conhecidos como "União" ou simplesmente "Norte". A guerra teve sua origem na controversa questão da escravidão, especialmente nos territórios ocidentais. As potências estrangeiras não intervieram na época. Após quatro anos de sangrentos combates que deixaram mais de 600 mil soldados mortos e destruíram grande parte da infraestrutura do sul do país, a Confederação entrou em colapso, a escravidão foi abolida, um complexo processo de reconstrução começou, a unidade nacional retornou e a garantia de direitos civis aos escravos libertos começou.



17 comentários

  1. Adorei a resenha! Gosto muito desses ambientes de guerra histórica, assisto uma série chamada Outlander que deve trazer nas próximas temporadas o assunto da Guerra da Independência, mas existem histórias lindas também baseadas na Guerra da Secessão. Maravilhoso! Bjus!

    http://elavestepreto.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Anelise, não sei porque, mas ainda não li nada desse autor, mas é claro que tenho muita vontade de conferir seu estilo textual. Gosto de romances históricos, ainda mais diante da guerra civil americana, e por isso acho que essa série seria sim do meu interesse. Vou conferir mais informações sobre o primeiro livro.
    Beijos, Fer ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Adoro esse autor apesar de ter lido somente um livro dele,o acho sensacional. Não conhecia ainda essa série e fiquei bastante curiosa, principalmente por essa abordagem histórica que ele traz e que é extremamente interessante. Sua resenha está ótima e bem instigante, adorei!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Olá, eu acho que ainda não conhecia a série mas não me interessei muito pelo livro. Me parece ser uma história que não me prenderia na leitura e o fato de você ter demorado um pouco para engrenar me mostra que provavelmente aconteceria o mesmo comigo (embora cada um tenha a sua opinião). Mas da capa eu gostei muito.

    ResponderExcluir
  5. Oii, eu adorei a resenha, a capa do livro passa o que diz na história, nunca li nada sobre guerras, mas fiquei muito curiosa com a trama do livro. Tenho certeza que não é um simples livro pra passar o tempo, e sim pra trazer conhecimento pro assunto. Adorei!

    beijos
    http://apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, Anne! Tudo bem?
    Estou querendo ler algo do Bernard Cornwell há um tempinho já, pois sempre ouvi falarem muito bem dele e tenho muita vontade de ler algo de literatura histórica, mas são tantos livros que ele já publicou que eu nunca soube ao certo por qual começar. Tenho muitas dúvidas! Sua resenha me deixou bem otimista sobre a leitura desta série, então acho que vou escolher começar por ela quando for comprar algo do Cornwell. Muito obrigada pela dica! Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  7. Olá Anelise,
    nunca li nada do autor e apesar do livro não ter despertado meu interesse, fiquei balançada por seu conteúdo histórico. Sempre amei história e costumo dar uma chance aos livros que possuem essa carga, não vou dizer que o lerei imediatamente, mas penso que algum dia poderei conferir mais de perto tudo o que esse livro tem a oferecer.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  8. Olá Anelise,
    Adoro esse tipo de leitura, mas não para fazer direto, sabe?
    Gostei muito da premissa de Traidor e já anotei a dica dele e de Rebelde.
    Achei legal o fato de podermos conhecer mais sobre a Guerra, pois, pelo que me lembro, nunca li nada sobre essa Guerra em específico.
    Além de todos esses pontos positivos, é um livro do Bernard e, com certeza, vale muito a pena ler.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Oie!
    Eu ainda não tive a oportunidade de iniciar a leitura dessa nova série do autor, mas conheço a sua narrativa e é uma das melhores para mim. Gosto bastante da forma como ele envolve o leitor em sua trama, a ponto de não conseguir mais parar. Espero iniciar a leitura em breve.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  10. Oiee Anne ^^
    Eu tenho MUITA curiosidade de saber mais sobre a guerra civil estadunidense, mas como eu ainda não li o primeiro livro, acabei ignorando este segundo quando ele apareceu no catálogo da editora. Os livros parecem ser incríveis, e a capa é simplesmente maravilhosa, estou babando aqui...haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Eu tenho muita curiosidade sobre os livros do auto, sempre gostei de estudar história e os livros dele parecem romantizar alguns acontecimentos de forma muito bem estudada... Ainda não conhecia essa série, mas parece uma boa opção para eu conhecer o autor.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi Anne
    Muito corajosa mesmo! Não gosto muito de livros históricos, mas realmente é bastante interessante ver a junção disso com a ficção.
    Mas que bom que foi uma leitura válida e que você recomenda.
    Anotei a dica. Quem sabe mais para frente?
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha visto esse livro e confesso que ele não é bem do jeito que costumo ler, sabe? E por isso acredito que sentiria dificuldade para me sentir envolvida com tudo, mas fiquei curiosa com a história, pois parece ser interessante e às vezes é bom sair da zona de conforto e ler algo diferente.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  14. Olá!! :)

    Achei este livro mesmo interessante! Adoro este periodo da historia.. E fico muito curioso em conhecer o livro: uma historia que se passa nesse mesmo periodo.. :)

    Bem, acho que vou ler em breve! Ainda bem que gostaste assim tanto e que consideraste que valeu a pena cada página lida! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  15. O que me chama a atenção é a questão real da história que é a guerra da secessão, leria por este fato mesmo já que gosto de aprender sobre isto. ainda não li um livro que tratasse deste enredo, e fora isto não teria uma opinião mais a dar porque fiquei curiosa com o que pode acontecer.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Anelise, eu vi o lançamento desse livro e já estava louca de vontade de ler ele, eu adoro esses assuntos sobre guerras e achei a trama muito bacana. Com sua resenha fiquei mais curiosa ainda, parece ser uma obra de grande conhecimento!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  17. Tenho um pouco de dificuldade em ler livros que se passa em guerras, acabo achando a leitura um pouco arrastada, O livro em si não me motivou a pensar ao contrário.

    ResponderExcluir