Ficha Técnica
Título: Ms. Marvel – Nada Normal
Autor: G. Willow Wilson
Desenhista: Adrian Alphona
Número de edições: #19 (em andamento)
Editora: Marvel (Panini no Brasil)
Ano: 2014
Sinopse: O cenário é o seguinte: você é uma menina de 16 anos que foge de casa durante a noite pra participar de uma festa. A infração cometida diante das regras dos seus pais rigorosamente muçulmanos traz mais do que uma punição religiosa ou um período de castigo sem seu celular. Ao voltar da festa Kamala se depara com uma névoa verde e, a partir dali sua vida muda heroicamente. Carol Denvers, a incrível Capitã Marvel, aparece para a jovem atrapalhada e lhe concede o desejo de ser igual a ela mesmo.
Classificação: 5/5 - Favoritado

Miss Marvel – Nada Normal. Mas será que é tão anormal assim? A Marvel acertou em cheio nessa HQ, inovando mais uma vez. Apesar de todo o contexto de aventura, brigas, superpoderes e atos heroicos, Kamala Kahn nada mais é do que uma adolescente comum, tornando esse o grande diferencial da história, que deixa em plano secundário o fato da personagem principal ser paquistanesa muçulmana, de pele escura, nerd e de classe econômica baixa.

O arco da história tem sua base no humor, aspecto que, a grosso modo, é conhecido por diferenciar os quadrinhos da Marvel da DC, por exemplo. Além disto, Kamala é uma menina positiva e alguém com a qual nos identificamos com facilidade. Seus dramas não envolvem perdas de familiares, guerras estrondosas, perseguições de agentes infiltrados ou uma mutação errada. Os problemas pessoais que nossa Inumana enfrenta são problemas que qualquer pessoa comum um dia passou ou conhece alguém que tenha passado. Uma discussão com amigos, o querer ser parte de um grupo popular, a incompatibilidade de pensamento com o que foi imposto pelos seus pais ou pela comunidade em que vive, a liberdade de uma cidade grande e os tabus de diversidade.

São muito sensitivos os arcos da história que envolvem o relacionamento familiar da Kamala com os pais e o irmão. Nós podemos ver ali pais que criaram sua filha em um modelo afetivo suficiente, mas que ao mesmo tempo, usaram do excesso de privação pra querer protegê-la dos perigos evidenciados em uma metrópole como New Jersey.
Um personagem secundário (que não é tão secundário assim) é o melhor amigo dela, o Bruno. Ele é aquele cara que faz tudo pela amiga e não se importa com a friendzone, por mais que o leitor sinta que a situação pode mudar em algum momento da história. O Bruno é aquela figura que provê as ferramentas de trabalho para a Miss Marvel (alô Tony Stark), em especial, o uniforme, que é algo a ser digno de citação nessa resenha.

É bacana ver nas edições de introdução a maneira como Kamala se sente desconfortável em usar um traje que não define o que ela é. Ela, em homenagem a Capitã Marvel, utiliza o antigo uniforme desta última; uma roupa justa, até mesmo vulgar; motivos pelo qual a própria Carol deixou de vesti-lo, somado à sua transição de “Miss Marvel” para “Capitã Marvel”, tendo em vista que o primeiro codinome fazia apologia ao Capitão MarvelMar-Vell”). Com o desenvolver e amadurecimento da personagem (Miss Marvel/Kamala) ela chega até o uniforme que adotou e que foi projetado pelo seu melhor amigo, embora tenha sido desenhada pela própria Kahn.

Nem os vilões escaparam desse arsenal “indie” que foi a criação da Miss Marvel. Eles apresentam peculiaridades bem estereotipadas e que não são aprofundadas a ponto de dar aquele ar de “é-agora-que-eu-dou-um-motivo-pra-compensar-minha-maldade”. Os superpoderes por vezes são até bizarros, incluindo os da própria Kamala, que se torna capaz de aumentar ou diminuir de tamanho, incluindo alongar braços e pernas. Em contrapartida, ela tem fator de cura acelerado, o que não é pra qualquer um.

A leitura dessa HQ foi bem divertida e é daquelas que você deve ter em mãos pra um dia de saco cheio que não quer usar muito do intelecto pra absorver um conteúdo legal. Os desenhos são satisfatórios, mas não podem ser considerados uma obra de arte, por vezes eles pecam na qualidade. E ah, as referências ao universo Marvel são indiscutíveis. Desde fanfics envolvendo os Vingadores, criadas pela própria Kamala que é fã do grupo, até uma parceria com o Wolverine em pessoa.

Por muitas vezes me peguei comparando a Kamala ao Peter Parker que foi o primeiro herói jovem investido pela Marvel a ter alcançado reconhecimento em grandes proporções. Não atoa hoje o Homem-Aranha é uma das fontes mais rentáveis da editora. Contudo, como já citei acima, nossa jovem heroína não sofre grandes calamidades como foi a vida do nosso amado Spidey.

Kamala nos faz querer a ser ou estar ali ao seu lado. Ela é o reflexo nas revistas do que os fãs no mundo real gostariam de ser representados. Uma gamer, inteligente, engraçada, dotada de uma personalidade forte e que ao mesmo tempo sofre da angústia de não saber como lidar com seus problemas sociais (quem dirá, com os problemas que assumiu sendo uma super-heroína). Espero nas próximas publicações poder ver mais bem distribuído a ousadia nas atitudes dessa jovem padawan como heroína, porque ela já provou que é uma personagem bem estabelecida.

Kamala apareceu pela primeira vez na edição #14 de Capitã Marvel v. 7, em agosto de 2013. Atualmente a HQ está na contagem de número 19. No Brasil, publicado pela editora Panini, o material chegou em janeiro de 2016. E agora, grito para quem quiser ouvir: Ms. Marvel foi uma aposta que tem tudo para conquistar um público cada vez maior e fazer diferença na atual geração de quadrinhos da Marvel Comics. Os que leram adoraram, e os que não leram perdem por não conhecer! Ms. Marvel é uma grande homenagem para aqueles leitores que sempre quiseram fazer parte de um quadrinho.



26 Comentários

  1. Ai meu Deus, preciso ler essa história agora. A sinopse me surpreendeu bastante e estou me perguntando onde estava que ainda não conhecia esse titulo. Sou apaixonada por esse gênero, ainda mais quando envolve heróis e a Marvel assim como da DC. Infelizmente li poucas HQs mas pretendo mudar essa situação. Que bom que, para você, a leitura foi bem válida e divertida. Adorei a resenha.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA Fer, a HQ é nova no Brasil e por isso está ganhando notoriedade aos poucos. Aposto que vai adorar essa história uma vez que você já teve contato antes com outros quadrinhos.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  2. Passei a curtir super heróis e histórias em quadrinhos deste estilo depois que me tornei mãe e meu filho se fascinou por este mundo. Gostei deste, ainda não conhecia e a história me pareceu bem intensa. Dá pra perceber na sua resenha que você curtiu bastante!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ivi,

      Que bacana. A aventura de ser mãe também deve ser digna de quadrinhos HAHA. Fico feliz por esta HQ ter te despertado interesse por meio da minha resenha.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  3. Ooi, a Marvel é incrível. De uns dias pra cá, sempre vejo gente lendo esse livro, e agora que vi a sua resenha fiquei desejando. Amo HQs e muito mais super heróis . Meu irmão então nem se fala. Rsrs! Que bom que você gostou, e com certeza, já está na minha lista de desejos.

    Beijo
    www.apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ariane,

      Fico feliz por esta HQ ter te despertado interesse através da minha resenha. Marvel sempre merece nosso destaque. Espero que tenha a oportunidade de ler Ms. Marvel e que, acima de tudo, se identifique assim como aconteceu comigo.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  4. Oie, eu nunca li hq, sou deficiente visual e pelo que sei geralmente é tudo bem ilustrado, me corrija se estiver errada, por isso não leio. Mas a premissa desse parece muito bacana, uma menina muçulmana envolvida no universo de super poderes, tendo até poder de cura bem rápido, adorei e se tivesse a oportunidade leria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamara,

      Fico feliz por esta HQ ter te despertado interesse por meio da minha resenha. Ouvi uma notícia recentemente que está sendo desenvolvido um app de celular para pessoas que tenham deficiência visual, permitindo o detalhamento de qualquer tipo de imagem disponível na internet (por enquanto, o app se restringe como uma extensão ao whatsapp). Quem sabe um dia você possa ter a oportunidade de entrar em contato com uma revista em quadrinhos.

      Mas uma coisa eu sei: você tem em mãos uma arma poderosa que é a imaginação. E isso é incrível.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  5. Olá Allana,
    Eu gosto muito de super heróis, mas me limito aos filmes, sabe? As HQs são mais para o meu irmão - que adora.
    Gostei da forma como a protagonista foi criada e acho que entendo o porque de você ter curtido a leitura.
    Vou indicar para meu irmão, pois acho que ele vai gostar e muito.
    Beijos e obrigada pela dica,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna,

      Fico feliz por esta HQ ter te despertado interesse por meio da minha resenha.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  6. Genteeee, mas como assim? eu ainda não sabia sobre essa beleza?
    Eu gosto muito desse gênero e sempre leio alguns assim amo histórias de heróis e vilões, não sei bem se o vejo parecido com o Parker mas se você que leu afirma isso, eu acredito! nem preciso falar que estou interessada né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz,

      HAHAHA calma, essa HQ está começando a ganhar popularidade agora no Brasil. Espero que tenha a oportunidade de lê-la em breve! Aposto que não irá se arrepender.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  7. Eu não sou muito fã de ler quadrinhos apesar que esse ano meu objetivo de leitura é acrescentar quadrinhos e mangás...e esss me pareceu muito engraçado. Deve ser uma leitura divertida. E eu adoro super heróis.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila,

      HQ é uma leitura diferentes das demais obras, às vezes por ser curta demais, às vezes por exigir uma dedicação por serem histórias periódicas. Mas se um dia tiver a oportunidade de ler, aposto que não irá se arrepender.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  8. Olha eu não sou muito chegada em HQ, mas espero poder conhecer sabe?
    Eu sou muito chatinha para essas coisas, mas é sempre bom conhecer coisas novas.
    Por exemplo, minha colaboradora Agatha adora mangás e ela me indicou alguns para conhecer.
    Já estou até atrás, porque quero poder ler outras coisas e quem sabe com o tempo eu venha a conhecer
    hqs também, mas eu acho que vou fazer uma coisa de cada vez, se não fico maluca hahahahaa

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/04/resenha-lost-boys.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana,

      HAHAHAHAHA Vai com calma, tudo que é em excesso não é saudável (me refiro ao tempo que fica restrito, e não à quantidade de leituras). Da mesma forma que você não é muito chegada em HQ eu não sou chegada em mangá. Não dá pra gostar de tudo né? Mas é válido dar uma chance mesmo assim.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  9. Oiii!!!

    Como eu gostaria de gostar desse estilo de livro gente! Sério. HQs são sempre tão bem resenhadas que eu sempre tento ler, mas fico chateada por que a leitura nunca flui.
    O universo Marvel, é surpreendente né? Eu sempre fico perdidinha hahahah nos filmes e série.
    Gostei da sua resenha!
    Mesmo não lendo a obra, adorei saber um pouco mais.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana Paula,

      Confesso que você não é a única que fica perdida HAHAHA mesmo pra quem gosta de uma história em específico é difícil conseguir manter-se atualizado devido a alta periodicidade que as HQs são publicadas.

      Fico feliz por esta HQ ter te despertado interesse por meio da minha resenha.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  10. Eba! Resenha de HQ! Uma baita coincidência, entrei hoje na Amazon e ele estava nas indicações para mim <3 rsrsrs As últimas HQ's que li tinham um tom mais pesado e sombrio, então acho que seria ótimo dar um relaxada lendo essa. Espero fazer isso em breve!
    Abraços,
    ~Duda~ www.dudaecami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Duda,

      Olha só, coincidência mesmo. É bom ficar de olho porque sempre está rolando promoção de Ms. Marvel pela Amazon. Se tiver a oportunidade de ler a história aposto que não vai se arrepender, ela é divertida e descontraída.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  11. Olá!! :)

    Ainda bem que te conquistou assim e que achas uma boa aposta!! Nao sou muito fa de superheroies, o unico de vou acompanhando (e mal) é o Batman, que usa a sua inteligencia! :)

    Vou procurar aqui em Portugal! :) Nao sou muito de HQ's, confesso, mas esta ate me interessou! :) E como parece leve e gostei da premissa!! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Essa HQ é bem leve e descontraída, diferente do Batman como você citou.

      Aqui no Brasil chegou no início do ano, então em Portugal já deve estar disponível também. Caso não encontre pode comprar pela Amazon BR que está com um preço bem bacana.

      Obrigada pelo comentário!
      Beijos,

      Excluir
  12. Oie!
    Eu fiquei sabendo dessa HQ recentemente, e anotei o nome para conferir. Gostei bastante do que encontrei nos comentários de quem já teve o prazer de conferir, só estou aguardando ter o dinheiro para comprar, rs. Faz tempo que eu não acompanho uma HQ, e essa vai me fazer voltar ao meu vicio.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  13. Estou completamente por fora do mundo HQs da marvel, mas confesso que sempre quis ler e ser antenada no assunto, amo as adaptações cinematográficas da rede e queria poder acompanhar seus HQs também, infelizmente aqui não é muito fácil de encontrar esse tipo de literatura e confesso que não me empenhei muito até agora para tentar conseguir outros meios, só que algum dia lerei nem que seja uma HQ dessa. Achei interessante essa nova heroina, ela possui padrões extremamente diferentes dos heróis que conheço.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  14. Oiii, tudo bem???
    Gostei bastante da resenha :)
    Eu não conhecia essa HQ, mas adorei conhecer e fiquei morrendo de vontade de conferir.
    Parece ser bem diferente mesmo e com uma história que os fãs conseguem se identificar. Adorei =D
    Não sou de ler essas HQs de super heróis, mas essa vou tentar adquirir
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oiie, tudo bem?

    Gostei muito da resenha ainda mais por se tratar dese gênero que eu sou apaixonada por esse gênero, pois envolve heróis, mas infelizmente HQ não é a minha praia. Eu nunca compreendo exatamente onde estou na leitura, então eu sempre deixo passar. Mas vou anotar esse dica, ainda mais por ser um gênero que eu gosto, posso também tentar ler essa HQ.

    Bjss

    ResponderExcluir