[Resenha] O Código Élfico, Leonel Caldela

Autor: Caldela, Leonel
Idioma: Português
Editora: Casa da Palavra
Assunto: Literatura Brasileira - Ficção Fantástica
Edição: 1
Ano de lançamento: 2013
Número de páginas: 576
Pontuação: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥


Sinopse:Numa pequena cidade chamada Santo Ossário, vive Nicole, uma jovem vítima das mais improváveis lendas urbanas, com um passado misterioso, envolvendo assassinatos e rituais a uma deusa oculta. Em Arcádia, um mundo habitados por Elfos, vive Astarte, que diariamente, treina arquearia e disciplina élfica, até o dia em que descobre a que é destinado - escravizar os humanos a mando da deusa rainha, sua mãe. 


Sou apaixonada por elfos. Quando fiquei sabendo do lançamento desse livro, eu me empolguei de uma maneira absurda. Não é sempre que vemos livros com protagonistas élficos. A história me chamou a atenção e logo me convenceu a tê-lo (Foi um presente de aniversário da Babsi, linda, te amo). Comecei a lê-lo imediatamente e confesso que me decepcionei um pouco. Pouco, pouco, mas ainda assim me decepcionei. O prólogo é meio confuso e até não me situar no contexto e na atmosfera que o Caldela criou, foi difícil. Felizmente, tudo isso foi superado a partir do meio do livro.

A escrita de Caldela não é maçante, apesar de ser bem detalhista, muitas vezes até parecida com Tolkien e Paolini. Ele te faz entrar literalmente na história, te faz querer saber o que acontece cada vez mais. Eu particularmente, nunca imaginei que pudesse ler algo que misturasse toda a áurea rica e magnífica dos Elfos, com humanos de forma que se relacionem dessa maneira. Não é como Senhor dos Anéis, é diferente, é peculiar, é instigador. O que eu poderia esperar desse livro? Uma loucura do começo ao fim.
''(...) Era a última vez que o chamava de mestre, Astarte o havia igualado.O mentor não demonstrava qualquer satisfação; não demonstrava nada. Era pura serenidade, rosto sem expressão, sentado sobre os calcanhares na relva úmida de carvalho ... - Vossa Alteza é Astarte. Filho de Sua Majestade, Titânia, a Rainha da Beleza. Principe dos elfos. A Primeira Flecha de Arcádia.Prostrou-se em respeito. Astarte se ergueu.- Então agora poderei obter respostas Harallad? Conhecerei o palácio? Conhecerei minha mãe?- Em breve, Alteza, conhecerá seu verdadeiro destino.
Era só mais uma abdução. Assim como tantas outras, como talvez havia sido a perda de memória em plena universidade, meses antes. Era uma droga, mas quase rotina para a pessoa mais abduzida do mundo. A filha do Estripador das Hortências, a musa das lendas urbanas, garota da capa de tablóides sensacionalistas, celebrada nos principais sites sobre assassinatos ritualísticos.
Nicole Manzini, a Princesa das Conspirações.''
Personagens muito bem construídos, com personalidades cativantes. Felix é o meu personagem favorito e olhem só, ele não é um elfo, haha. Sei que muitas pessoas gostam dele também, ele traz aquele humor diferenciado na trama complexa dos protagonistas, ele é aquele alívio cômico que te faz quer tê-lo como amigo. 
Nicole é uma personagem muito interessante, gosto do jeito que ela descobre as coisas e do modo como lida com as "coisas estranhas'' que acontecem em sua cidade, Santo Ossário. Muitas vezes, há até uma identificação com a personagem e certos momentos reflexivos. 
Astarte é um príncipe elfo que é muito confuso e acaba tendo um romance com Nicole. A maneira como o relacionamento deles vai progredindo, você vai percebendo o quanto são diferentes, os dois mundos, o mundo humano e o mundo élfico, mas que o amor (time to the cliche), sempre vai vencer, sempre e não há barreiras que o impeça. Mas atenção, a história não se resume a romance, é apenas um detalhe.

A dica que eu dou é, leiam O Código Élfico. Além de ser uma literatura fantástica, é de um brasileiro. Acredito muito que precisamos dar mais valor aos nossos escritores, principalmente da área da ficção fantástica e cientifica. Vale muito a pena se aventurar nesse limbo que é Arcádia e Santo Ossário. Além da história passar uma lição muito importante: O quanto as pessoas prezam por poder e o quanto isso as prejudica.



Nenhum comentário